A China Mobile suspendeu as conversações para a comercialização do iPhone da Apple no mercado asiático, avança a Reuters. Um porta-voz da operadora informou que o negócio não se vai concretizar por enquanto, embora estejam por apurar os motivos de ambas as partes.



De acordo com alguns analistas de mercado, a impossibilidade de levar o iPhone ao mercado chinês deverá estar relacionada com o facto de o equipamento não cumprir com alguns requisitos técnicos únicos para a China.



Por outro lado, as políticas de tarifas únicas impostas e de partilha de receitas com a Apple são outros motivos que, segundo os especialistas, podem vir a prejudicar o acordo no futuro, assim como o preço do iPhone, uma vez que o telemóvel custa cerca de 500 dólares nos Estados Unidos, o equivalente ao dobro do salário médio chinês.



A China é o mercado mais atractivo para a indústria móvel já que conta com 539,4 milhões de utilizadores, ou seja, mais do que as populações dos Estados Unidos, Japão e Reino Unido juntas. A China Mobile é a operadora líder no mercado asiático, onde conta com 362 milhões de clientes.



Notícias Relacionadas:

2007-12-18 - iPhone foi o termo mais pesquisado no Google em 2007

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.