As conclusões são de um estudo português. O documento analisa os resultados apurados para cada uma das sete regiões contempladas à luz do Índice Digital Regional, um indicador criado pelo professor de matemática Luís Miguel Leite, no âmbito de uma teste de doutoramento.



De acordo com os mesmos dados, a região melhor pontuada a este nível é o Algarve, segue-se a região Centro, o Alentejo e só depois disso o Norte do país. Na comparação de realidades entre estas duas zonas do país (Alentejo e Norte) o estudo mostra que, embora o Norte revele melhor contexto para a integração da SI - e aí se registe um maior impacto da utilização destes meios - o nível das infraestruturas e utilização é muito menor no Norte que no Alentejo, o que contribui para a posição final das regiões no índice.



A capital regista o melhor resultado em todos os pontos avaliados e é mesmo a única região do país onde se regista um desempenho acima da média do país.
O Índice Digital Regional foi criado pelo professor de Matemática na Escola Secundária Serafim Leite, em São João da Madeira, no âmbito de um doutoramento na área das Tecnologias e Sistemas de Informação, realizado pelo docente na Universidade do Minho.

Foi desenvolvido após a observação de 15 rankings existentes em todo o mundo e reúne 220 indicadores que têm em conta questões como o contexto, infraestruturas, utilização ou impacto, explica o jornal Público, que revela os dados.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.