A DECO colocou online um novo simulador para tarifários móveis, uma ferramenta à qual os consumidores poderão recorrer para perceber se vale a pena mudar ou não de operador ou de oferta "enquanto as autoridades não entram em acção", acusa a associação de defesa do consumidor.

"Cada rede tem vários tarifários, mas, ao contrário de outros países europeus, por cá, os preços pouco diferem para o mesmo perfil de utilização. Mesmo entre os tarifários mais baratos para um perfil, os portugueses pagam o dobro dos holandeses e ingleses", denuncia a última comparação de preços de 36 tarifários em oito países, publicada na edição de Novembro da revista Proteste.

O novo simulador vai funcionar em regime aberto durante este mês, oferecendo 180 opções actualizadas, refere a DECO.

A associação lembra que os operadores aumentaram o preço das chamadas, ao mesmo tempo, em Março último, em cerca de 2,5 por cento e que na altura alertou para a coincidência do valor médio de aumento e do momento da aplicação, que pode revelar práticas de concertação. "A Autoridade da Concorrência prometeu investigar, mas, sete meses depois, ainda não se conhecem resultados", acusa referindo que pretende continuar a pressionar o regulador, assim como a Comissão Europeia e o Governo, "por uma resposta eficaz e verdadeira concorrência".

Paralelamente ao artigo e ao simulador, a associação disponibiliza duas novas páginas online onde responde às dúvidas mais frequentes dos utilizadores, seja face às implicações da mudança de operador ou sobre as funcionalidades mais adequadas a cada caso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.