A NTT DoCoMo vê no mercado europeu grandes probabilidades de crescimento para o seu serviço de Internet móvel i-mode, já que os operadores europeus parecem estar mais receptivos a acolher a tecnologia do que os asiáticos. "Vejo mais potencial na Europa", referiu Takeshi Natsuno, director geral da área de estratégia para o serviço i-mode, citado pelo Taipei Times.



A operadora nipónica prevê que o número de subscritores europeus do i-mode chegue ao milhão até ao final do próximo ano, quando a 31 de Agosto passado estava nos 10 mil. Em menos de quatro anos, a maior operadora de telefonia móvel do Japão reuniu 35,5 milhões de utilizadores do serviço no seu país de origem, um terço da população.



A DoCoMo está a apostar na rápida aceitação do i-mode na Europa, onde a tecnologia de Internet móvel anterior, o Wireless Application Protocol, ou WAP, não obteve grande sucesso. A empresa nipónica investiu cerca de 1,9 biliões de ienes (cerca de 15 mil milhões de euros) em operadoras estrangeiras, como a holandesa KPN Mobile, para promover a utilização do i-mode, assim como a norma que ajudou a desenvolver para o acesso de alta-velocidade à Internet que será iniciado na Europa nos próximos dois anos.



Com arranque na Europa em Março deste ano, o i-mode está disponível através da KPN Mobile, nas suas filiais E-Plus na Alemanha, BASE na Bélgica e a Bouygues na França.
No próximo ano a empresa vai licenciar a sua tecnologia à espanhola Telefónica Móviles.



Recentemente, a rival Vodafone Group, a maior operadora de telefonia móvel do mundo, iniciou o Vofafone live! um serviço idêntico ao i-mode que permite aos seus utilizadores enviar imagens e jogar através de telemóvel. Mas no lugar de prejudicar as hipóteses da DoCoMo na Europa, Natsuno defende que o Vodafone live! poderá efectivamente ajudar a operadora japonesa a apresentar os seus serviços de telefonia Web a uma maior audiência. "O live! pode ser uma mais valia para nós porque quanto mais pessoas se familiarizarem com as características do serviço, mais facilmente poderemos vender o conceito i-mode", garante o responsável da DoCoMo.



Notícias Relacionadas:

2002-07-25 - Telefónica Móviles avança com i-mode e congela investimentos UMTS na Europa

2002-07-14 - NTT DoCoMo quer mais subscritores europeus do serviço i-mode

2002-06-16 - KPN adia lançamento de i-Mode na Bélgica

2002-04-04 - i-mode disponível na Holanda a partir de hoje

2002-03-04 - Tecnologia i-mode chega à Alemanha no final da semana

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.