No final de setembro já tinha sido concretizada a portabilidade - operação de mudar de operadora, mas manter o mesmo número - de 2,26 milhões de números únicos, desde a introdução desta possibilidade em Portugal.

A portabilidade no segmento dos telefones fixos é maior do que nos telemóveis, tendo sido concretizada a operação a 1,51 milhões de números. Na telefonia móvel o valor foi de 743 mil transferências de operador. Estes valores são compilados pela Autoridade Nacional das Comunicações (Anacom) e dizem respeito aos dados analisados até ao dia 30 de setembro, que marca o final do terceiro trimestre.

[caption]Portabilidade[/caption]

Só neste mês, a título de exemplo, foram transferidos 33 mil números entre operadoras de telecomunicações, sendo que a maioria - 23,6 mil - foram realizados em números de telemóveis.

Olhando para o total de vezes em que já foram portados números - e que englobam números que já foram transferidos mais do que uma vez -, o total já ascende a 4,09 milhões. Neste segmento os números de telefone fixo foram responsáveis por 2,93 milhões desses pedidos, cabendo à telefonia móvel outros 1,16 milhões.

Estes valores dão uma perspetiva da quantidade de portugueses que já trocaram de operadora e decidiram manter o número, bem como da quantidade de utilizadores nacionais que já trocou de operadora mais do que uma vez - ainda que os valores não sejam exatos.

A portabilidade é um processo que os utilizadores em Portugal já podem recorrer desde 2001 para números fixos e desde 2002 para números móveis. A portabilidade foi evoluindo também a nível de legislação e atualmente todas as operadoras estão obrigadas a concluir um pedido de portabilidade num período de 24 horas.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.