Dentro de poucas semanas, o WhatsApp planeia alargar as caraterísticas de segurança já existentes do seu serviço de messaging para permitir chamadas e mensagens encriptadas, segundo avança o The Guardian. Tal fará com que as comunicações sejam ainda mais difíceis de aceder.

Tais níveis de proteção já geraram conflitos abertos com o WhatsApp em vários países. O caso mais recente aconteceu no Brasil, com a prisão de um dos seus responsáveis, pelo serviço não conseguir disponibilizar acesso às mensagens dos utilizadores, neste caso traficantes de droga.

Reforçar a tecnologia que assegura a privacidade dos seus utilizadores também parece ser uma hipótese para a “casa mãe” Facebook, relativamente ao Messenger.

O mesmo acontece com o rei das mensagens instantâneas Snapchat que, de acordo com a publicação, está a trabalhar num sistema mais seguro. A Google por sua vez tem vindo a explorar utilizações extra para a tecnologia por detrás do projeto de email encriptado há muito em desenvolvimento – End to End.

Embora muito a propósito, estas intenções das gigantes tecnológicas serão anteriores ao pedido de acesso do FBI ao iPhone de um dos autores do tiroteio terrorista ocorrido em San Bernardino.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.