Faltava uma semana para o início das vendas quando as primeiras pessoas começaram a juntar-se à porta da loja da Apple na 5ª Avenida em Nova Iorque, relata a C|Net. De acordo com aquele meio, entre a última sexta-feira e esta madrugada o número de pessoas na fila para comprar o iPhone 5 já aumentou.



Se o lançamento do novo iPhone seguir o padrão dos anteriores, a fila continuará a aumentar e no dia de início das vendas vão ser milhares os fãs da marca a marcar lugar à porta das lojas para garantir que estarão entre os primeiros a tocar no novo gadget.



O mesmo interesse tem sido possível aferir junto da loja online da marca, que colocou o equipamento em pré-reserva para o conjunto de mercados selecionados para receber o iPhone 5 primeiro. Em menos de uma hora o stock disponível para entrega no dia 21 de setembro esgotou.



Continua a ser possível encomendar o equipamento online, mas a Apple já não garante entrega no dia de lançamento. Quem reservar agora - nos mercados onde já é possível fazê-lo - terá de esperar duas semanas para receber o equipamento.



Ao contrário dos Estados Unidos e dos restantes mercados selecionados pela Apple como prioritários (Austrália, Canadá, França, Alemanha, Hong Kong, Japão, Singapura e Reino Unido), a Portugal o iPhone 5 não chega esta sexta-feira, mas também não será necessário esperar muito para ter acesso ao equipamento. Os três operadores já confirmaram que começam a comercializar o novo equipamento na semana seguinte, a 28 de setembro.



Mais fino (18%) com maior autonomia e um processador mais pequeno e duas vezes mais rápido, o iPhone 5 garante suporte para LTE (4G) embora nesta fase não para todos os países da Europa, uma limitação que pode ser resolvida com os operadores locais.



Os preços para o mercado local ainda não são conhecidos mas sabe-se já que nos Estados Unidos a versão de 16GB chegará às lojas por 649 dólares, enquanto o modelo de 32GB vai custa 749 dólares e o de 64GB 849 dólares, preços sem contratos de fidelização associados. Através de operador e associado a um plano mensal de comunicações, o preço do iPhone pode descer até aos 199 dólares.



A Apple divulgou entretanto que em menos de 24 horas foram feitas mais de dois milhões de pré-reservas do iPhone 5, um número que ultrapassa o registado com o iPhone 4S que era até agora o mais pré-encomendado da história da Apple no mercado de smartphones.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Nota de redação: A notícia foi atualizada com informação disponibilizada pela Apple sobre as pré-encomendas do iPhone.

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.