Depois do sucesso alcançado no Japão, contando actualmente 30 milhões de utilizadores, o sistema de Internet móvel i-mode, desenvolvido pela operadora móvel nipónica NTT DoCoMo, vai ser finalmente introduzido na Europa pela mão da KPN Mobile.



A operadora holandesa anunciou ontem que vai iniciar no dia 20 de Dezembro os primeiros testes práticos do i-mode com um pequeno grupo de utilizadores, empregando para tal telemóveis GPRS da NEC. Lançado em Feveiro de 1999 no Japão, o i-mode consiste numa tecnologia para serviços móveis de dados via Web baseada numa plataforma aberta.



A KPN Mobile já estabeleceu vários acordos com um grande número de fornecedores internacionais e nacionais de conteúdos para a disponibilização de serviços móveis no campo da informação, comunicação, entretenimento e transacções, como a agência Reuters, Radio 538, a produtora de televisão Endemol, a cadeia de supermercados Albert Heijn, o canal televisivo de desporto Eurosport.



No total, a operadora holandesa conseguiu realizar parcerias com mais de 100 entidades. Estas empresas vão, em conjunto com a KPN Mobile, oferecer conteúdos certificados para telemóveis i-mode através de um portal especializado. A operadora afirma que estabeleceu acordos com a NTT DoCoMo de forma a assegurar usabilidade e suporte a clientes. A KPN Mobile também se comprometeu a manter os serviços actualizados e a oferecer valor acrescentado ao cliente.



Prevê-se que na altura do lançamento do serviço estejam disponíveis na Holanda mais de 60 sites certificados. Estes poderão ser visitados gratuitamente ou apenas mediante o pagamento de uma mensalidade. Os fornecedores não-certificados terão também a oportunidade de oferecerem serviços através de sites independentes. Estes, por sua vez, poderão ser assegurados por consumidores e empresas ou organizações e acedidos gratuitamente.



Os primeiros aparelhos i-mode foram especialmente desenvolvidos e produzidos para o mercado europeu pela NEC, tendo por base modelos japoneses. O primeiro telemóvel a estar disponível será o N21i, que inclui um ecrã grande e a cores e melhor qualidade sonora dos toques. Os utilizadores podem enviar e receber emails com o máximo de 1000 caracteres e mensagens SMS com até 160 caracteres. O aparelho é compatível com as redes GSM e GPRS. O browser incorporado permite ler conteúdos criados através de HTML compatível com i-mode e em WML.



A KPN prevê obter um valor de receitas por utilizador superior à média com o i-mode, mas não divulgou números exactos. A empresa vai partilhar as receitas com os fornecedores de conteúdos, ficando com 15 por cento das taxas de subscrição que irão ser cobradas, para além do montante obtido com o tráfego de rede.



Mark de Jong, um membro do conselho de administração da KPN Mobile, citado pelo International Herald Tribune, afirmou que a empresa pretende estabelecer os preços do serviço de i-mode apenas depois de terem sido realizados mais testes. A operadora irá, no entanto, precisar de mais de 50 mil telemóveis para o início dos serviços de i-mode na próxima Primavera na Alemanha, Holanda e Bélgica, acrescentou.



A KPN está ainda a finalizar um acordo com a NTT DoCoMo para utilizar a sua tecnologia i-mode na Alemanha, afirmou Jong. A empresa irá pagar taxas de licenciamento - tendo por base as receitas geradas - à operadora japonesa de modo a poder utilizar a sua tecnologia. A licença de 10 anos estabelecida inicialmente com a DoCoMo era exclusiva com a KPN Mobile na Holanda, Bélgica e Alemanha. A NTT DoCoMo encontra-se actualmente em conversações com outras operadoras móveis europeia para o lançamento de serviços i-mode.


Notícias Relacionadas:

2001-11-07 - NTT DoCoMo reforça estratégia para alargar âmbito de i-mode

2001-07-17 - DoCoMo atrasa serviço de Internet móvel na Europa

2001-03-14 - AT&T com i-mode a partir do próximo ano
2001-03-12 - Internet móvel no Japão com 30 milhões de utilizadores

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.