O Conselho de Ministros espanhol aprovou um novo projecto-lei destinado à Conservação de Dados que obriga as operadoras a actuar no país a recolher informações acerca de todos os titulares de cartões pré-pagos durante um ano.



Com a entrada em vigor desta norma, as Forças de Segurança do Estado poderão rastear todas as chamadas telefónicas, averiguando qual o seu ponto de origem, o destinatário (rede móvel, fixa, ou internet), a duração e os intervenientes na conversação.



De acordo com a imprensa espanhola, esta exigência não vai afectar de forma negativa as comunicações nem será posta em causa a privacidade dos utilizadores, já que, o rasteamento só pode ser posto em prática em caso de investigação e após ser requerida autorização judicial.



O governo acredita que com esta medida serão reforçados os instrumentos de segurança disponíveis, já que através das bases de dados criadas, as forças policiais poderão aceder a todo o tipo de crime organizado ", três anos após os atentados terroristas de 11 de Março em Atocha, Madrid.



Após ser protocolado, o projecto-lei deverá demorar três meses a ser posto em prática uma vez que será necessário realizar diversas adaptações técnicas.

Notícias Relacionadas:

2004-04-30 - Conselho Europeu avança com novas leis para a retenção de dados

2002-12-20 - Administração Bush quer sistema centralizado de monitorização da Internet

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.