Apesar do abrandamento económico que também se tem reflectido no mercado de telemóveis, a LG Electronics espera aumentar em 20 por cento das vendas de telemóveis durante o ano de 2010. A principal estratégia passa pela aposta em dispositivos Android.

A empresa tem previsto o lançamento de 20 novos smartphones este ano e mais de metade vão utilizar o sistema operativo de código aberto da Google. Até à data a LG conta apenas com dois Androids.

A informação foi avançada hoje pela imprensa internacional, depois da fabricante ter divulgado as estimativas para as vendas globais de telemóveis em 2010: 140 milhões de terminais. Em 2009 a LG comercializou 117 milhões de telefones, o que lhe valeu uma quota de 10 por cento do mercado global e a coloca entre as fabricantes mais bem sucedidas.

Até à data a LG tem-se focado principalmente nas funcionalidades dos dispositivos sw consumo, mas tem ficado para trás no mercado dos smartphones onde os sistemas operativos e o software fazem a diferença. É esta tendência que a empresa pretende inverter.

"Um dispositivo por si só não nos vai ajudar a sustentar o negócio", afirmou o presidente executivo para a área de comunicações móveis da LG, Skott Ahn, citado pela Reuters.

A intenção de reforçar a oferta no segmento de smartphones já tinha sido desvendada em Setembro. Na altura a fabricante apresentou três novos modelos com Windows Mobile mas antecipou o lançamento de mais 7 equipamentos em 2010 e a chegada do primeiro LG com Android ao mercado ainda durante o último trimestre de 2009.

Agora a empresa vem subir a fasquia no que respeita à disponibilização de telefones Android, antecipando o lançamento de mais de 10 dispositivos com o sistema operativo, embora Skott Ahn tenha feito questão de sublinhar que isso não implica que os laços entre a empresa e a Microsoft estejam enfraquecidos.

Os novos equipamentos vão incluir também modelos com software Windows Mobile - embora os responsáveis se tenham recusado a dizer quantos - e LiMo, baseado em Linux.

A LG espera atingir uma quota de dois dígitos no mercado global de smartphones até 2012, revelou o responsável.

Em Abril, o director de vendas de telecomunicações da LG para Portugal tinha definido o objectivo de transformar a quota de mercado da empresa na terceira maior a nível nacional, apostando principalmente nos segmentos de touch screen e messaging e social network.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.