O mercado europeu dos conteúdos móveis e serviços de entretenimento pode gerar receitas na ordem dos 39 mil milhões de dólares em 2012, de acordo com um novo relatório da Berg Insight. Actualmente, cerca de 15 por cento dos assinantes já acedem aos conteúdos e serviços móveis com regularidade, mas estes acessos não deverão alcançar os 50 por cento dos assinantes móveis até 2012, muito devido à falta de qualidade na transmissão de dados.

Apesar de o lançamento do serviço de TV móvel estar iminente em vários países, os principais conteúdos que contribuirão para o aumento de receitas em 2012 serão os jogos, os downloads de música e o messaging. Os conteúdos para adultos também traduzirão lucros para muitos mercados europeus, todavia os operadores móveis preferirão manter alguma distância no fornecimento destes conteúdos mais ousados.

A empresa de pesquisa prevê que os assinantes estão pouco dispostos a pagar o serviço de TV até que estes alcancem uma boa qualidade de transmissão, algo que não deve acontecer antes de 2012 na maioria de mercados.

Isto não quer dizer que o serviço não venha a ter um papel importante no mercado. "A maioria dos proprietários dos direitos de TV vão receber quantias insignificantes por cada download efectuado através dos acordos estabelecidos com os operadores móveis", diz o autor do estudo, Julie Robson. "Mas só com a entrada de alguns meios de comunicação no mercado é que nós podemos começar a assistir a alguns negócios mais agressivos".

"Hoje, já existem tantos telemóveis de tecnologia avançada em circulação que as pessoas começam a habituar-se a essas características", refere Julie Robson. "Actualmente, cerca de 15 por cento dos subscritores móveis usam os seus telefones para aceder a conteúdos e serviços de entretenimento pelo menos uma vez por mês, gostaríamos que daqui a sete anos esses acessos se situassem nos 50 por cento".

Notícias Relacionadas:

2005-09-01 - Nokia diz que 41% dos utilizadores estão dispostos a pagar pela TV móvel

2005-06-09 - TV em mobilidade nos EUA garantida por parceria entre TiVo, Microsoft e Intel

2004-10-12 - TV e vídeo podem transformar-se em serviços chave no 3G

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.