A Motorola anunciou que pretende baixar o custo de fabrico dos seus telemóveis entre dois e cinco dólares por unidade desenvolvida. O objectivo é colocar no mercado telefones mais baratos e aumentar a rentabilidade dos negócios da empresa, afirmou Ed Zander, CEO da Motorola, numa web-conference com investidores.



As intenções da empresa surgem depois de tornados públicos os resultados financeiros referentes ao quarto trimestre do ano fiscal da fabricante. Os números ficaram aquém do que seria desejado o que, segundo Ed Zander, está relacionado com a quebra na produção de telemóveis avançados e com a concorrência sentida nos mercado emergentes, com os telefones de baixo custo.



O presidente da companhia assegura que esta estratégia vai passar por conceber telemóveis económicos, para além da já referida redução dos custos de produção. Citado pela Reuters, o responsável afirma que a Motorola precisa de "recuperar a disciplina para que cada produto fabricado dê dinheiro".

O mercado de terminais de baixo custo já estava a ser coberto pela empresa que avançou em 2005 com a GSM Association, num programa de produção de telemóveis para os mercados emergentes.

Notícias Relacionadas:

2007-01-31 - Sony Ericsson quer fabricar telemóveis de baixo custo na Índia

2007-01-25 - Vendas de telemóveis ultrapassam os mil milhões de unidades em 2006

2007-01-22 - Vendas mundiais de telemóveis aumentam 20 por cento em 2006
2005-09-28 - Motorola escolhida pela GSMA para vender telemóveis de baixo custo em mercados emergentes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.