A Novabase entra no segundo trimestre de 2007 com a disponibilização de quatro novos terminais móveis. Todos os dispositivos privilegiam o conceito de mobilidade, permitindo a integração com o PC e disponibilizando um conjunto de funcionalidades técnicas avançadas.



Os modelos HTC P3350 e o Gsmart i120 incluem câmara fotográfica de 2.0 e 2.1 megapixeles, respectivamente, e diferenciam-se pelas funcionalidades multimédia disponibilizadas. Ambos os produtos possuem memória ROM de 265 MB e RAM de 64 MB, com possibilidade de expansão via cartão Mini-SD e Windows Mobile 5.0 Phone Edition.



O Gsmart i120 inclui receptor de sinais de TV analógica com gravador, Rádio FM e a possibilidade de gestão multimédia de todos os conteúdos do dispositivo - uma característica comum ao HTC P3350.



A conectividade por Bluetooth é outra das características destes terminais que já estão disponíveis nos principais pontos de venda por 499 euros, o HTC P3350, e 529 euros o Gsmart i120.



Os terminais HTC X7500 e o smartphone HTC S710 são as outras duas apostas da Novabase para este trimestre. O primeiro equipamento é dirigido a um segmento topo de gama e apresenta-se como um "ultra mobile PC com funcionalidades de telemóvel", referiu Nuno Quintas, Business Manager da Novabase.



O HTC X7500 inclui ecrã VGA de cinco polegadas, GPS incorporado com TomTom Navigator 6, câmara de 3.0 megapixels com auto-focus e flash, ligações HSDPA, conectividade Wi-Fi e Bluetooth 2.0.



Entre as restantes características técnicas deste modelo destaca-se a memória ROM de 256 MB, RAM de 128 MB e o disco rígido de 8GB. O equipamento inclui um processador Samsung de 624 MHz e capacidade para GSM, GPRS, EDGE, 3G e o já referido HSDPA. Resta salientar que o preço do HTC X7500 fixa-se nos 1149 euros.



Por fim, o HTC S710 inclui dois teclados ergonómicos - um deles QWERTY semi-automático - ecrã LCD de 2,4 polegadas e câmara digital de 2 megapixels. Este dispositivo dispõe de uma memória ROM de 128 MB, 65 MB de RAM e processador de 200 MHz. O HTC S710 está também equipado com Bluetooth 2.0 com wireless stereo, Wi-Fi e suporta redes GSMGPRS/EDGE.



Apesar das condições económicas do nosso país, os responsáveis da Novabase afirmam que Portugal está aberto às novas tecnologias. A prová-lo existem os números divulgados pela empresa que indicam a venda de 100 mil equipamentos - PDAs e smartphones - no mercado nacional entre 2004 e 2006.



No futuro, a Novabase acredita que a baixa de preços que se fará sentir neste segmento, e que ainda constitui uma barreira para muitos clientes será fundamental para o crescimento do sector que, de acordo com Nuno Quintas, se deverá manter nos dois dígitos.



Até ao final do ano a empresa pretende alargar a oferta móvel através da introdução de "entre sete e dez novos equipamentos".



Notícias Relacionadas:

2007-04-25 - Lucros da Novabase melhoram 79,4% no primeiro trimestre

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.