O CommWarrior é a nova ameaça para telefones móveis que utilizam sistema operativo Symbian, alertam as empresas de segurança F-Secure e SimWorks International. Afectando telemóveis Series 60 da Nokia, este vírus é ainda considerado de baixo risco.



Diferente do antecessor Cabir, que se tem espalhado de forma acelerada por vários países, o CommWarrior utiliza o sistema de mensagens multimédia (MMS) para se propagar e não apenas as redes Bluetooth. Ainda assim, para que o código malicioso seja instalado no telemóvel o utilizador terá de proceder a uma série de autorizações de download, uma das razões que levam as empresas de segurança a considerarem este vírus de baixo risco.



Recorde-se que o Cabir apenas utilizava as redes de comunicação Bluetooth, exigindo por isso alguma proximidade entre os equipamentos para que o vírus se pudesse propagar a outros telemóveis.




Os investigadores alertam que a utilização do sistema MMS poderá agora facilitar a disseminação do CommWarrior em diversos países, já que este não está limitado pela proximidade.



Em declarações a algumas agências de informação, a Symbian garantiu já estar a trabalhar com a Nokia para enfrentar mais esta ameaça ao seu sistema operativo.

Notícias Relacionadas:

2005-02-21 - Estados Unidos juntam-se à lista de 12 países já percorridos pelo Cabir

2004-12-30 - F-Secure avisa sobre novas variantes de Cabir

2004-07-19 - Autores do Cabir divulgam novo vírus que afecta Windows CE


2004-06-16 - Primeiro worm que infecta telemóveis sem grande risco

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.