A O2 UK está a pedir uma indemnização à Ericsson pelos danos causados por uma falha de software que a fabricante de infraestrutura já admitiu ser da sua responsabilidade.

Segundo avança a imprensa local, a operadora móvel quer ser compensada em cerca de 100 milhões de libras pelos danos causados com o apagão que nos dias 6 e 7 de dezembro deixou muitos utilizadores da sua rede de comunicações impossibilitados de aceder aos dados móveis.

O The Guardian refere que o director executivo da O2, Mark Evans, deverá encontrar-se com responsáveis da Ericsson nos próximos dias para falar sobre o que deu origem ao “apagão” e negociar um pacote de compensações.

A fornecedora de infraestrutura já tinha assumido, num comunicado público, a culpa pelo sucedido, num problema que também afetou o SoftBank no Japão e várias outras operadoras. Na origem do sucedido terão estado certificados de software expirados.

É provável que os restantes afetados pelo "apagão" também venham a pedir algum tipo de compensação à fabricante.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.