A Oni organizou um showroom onde pretende dar a conhecer aos decisores do sector público as soluções que disponibiliza para modernizar as infra-estruturas de comunicações do Estado, explica a operadora num comunicado enviado à imprensa.




Através do Oni Demo Centre, o sector da Administração Pública poderá testar soluções de telecomunicações adaptadas às suas necessidades específicas, garante a Oni. "A Administração Pública é um pilar fundamental da liberalização das comunicações, na medida em que é um catalizador de concorrência no mercado das grandes soluções e um motor para o desenvolvimento da Sociedade de Informação", afirma João Macias, administrador da Oni, na mesma fonte.




Além do sector da Administração Pública, o Oni Demo Centre poderá servir igualmente grandes empresas, uma área onde a operadora diz ter uma quota de mercado de 20 por cento, a par de metade do sector da Banca e Seguros.




A iniciativa da Oni vem no seguimento da abertura do mercado da Administração Pública aos novos operadores no ano passado, com a aprovação de um diploma que obriga ao concurso ou consulta pública antes da aquisição de telecomunicações pelo Estado. Uma decisão que muito alegrou a Oni (ver Notícias Relacionadas). "A abertura da Administração Pública sempre foi uma bandeira da Oni e permite ao Estado gastar menos e ter melhores comunicações", acrescenta João Macias.




De acordo com o Guia para as Comunicações na Administração Pública, os contratos de aquisição de serviços de telecomunicações pela administração pública não devem exceder os três anos, incluindo extensões e renovações, e deverão ser revistos anualmente.





Notícias Relacionadas:

2004-11-11 - 14ª Congresso da APDC - Ambiente regulatório favorável ao incumbente discutido pelos operadores concorrentes

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.