Os elementos da patrulha especial têm como missão monitorizar constantemente os níveis de poluição do ar londrino e por isso trazem consigo um pequeno dispositivo, semelhante a uma mochila, que serve para medir componentes como dióxido de nitrogénio e ozono troposférico (O3) existentes.

Depois de recolhidos os dados, a tecnologia integrada na mochila permite a este esquadrão aéreo classificar a qualidade do ar de “Fresco” a “Extremo” e enviar essa informação na forma de tweets.

A ideia de usar pombos para medir a qualidade do ar em Londres foi de Pierre Duquesnoy, diretor criativo de marketing e tecnologia na agência global DigitasLBi, e apresentada na competição #PoweredByTweets, lançada em conjunto com o London Design Festival.

Acabou por ser transformada em realidade, contando com a parceria da Plume Labs e do Twitter, além de meia dúzia de pombos treinados.

Quem quiser seguir esta patrulha de pilotos especiais pode fazê-lo através da conta ‏@PigeonAir, no Twitter.  

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.