Portugal vai candidatar-se a um terceiro mandato consecutivo no Conselho da União Internacional de Telecomunicações (UIT). Com sede em Genebra, Suiça, esta organização das Nações Unidas junta governos e o sector privado na coordenação global de serviços e redes de telecomunicações.



Desde 1994 que Portugal é membro do conselho da UIT, contando com a representação da Anacom - Autoridade Nacional de Comunicações. As eleições para um novo conselho vão realizar-se na próxima Conferências de Plenipotenciários que decorre entre 23 de Setembro e 18 de Outubro de 2002, em Marraquexe, Marrocos.



Actualmente a UIT conta com 189 países e mais de 650 entidades com interesses no sector das telecomunicações entre os seus membros, sendo seleccionados 46 membros para o conselho que é eleito a cada 4 anos.



Esta agência das Nações Unidas tem por objectivo assegurar a cooperação internacional nas áreas da regulação, normalização e desenvolvimento das telecomunicações, incluindo a gestão do espectro e das órbitas de satélites e é a maior organização mundial de telecomunicações, além de ser uma das mais antigas.



O órgão máximo da UIT é a Conferências de Plenipotenciários, tendo o Conselho como principais funções assegurar actividades, políticas e estratégias da UIT vão ao encontro do definido pela Conferência. Cabe-lhe ainda assegurar a gestão corrente e o bom funcionamento da UIT ao nível operacional, financeiro e administrativo.

Notícias Relacionadas:

2002-05-17 - Dia Mundial das Telecomunicações dedicado à info-exclusão

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.