A Samsung Portugal terminou 2005 com uma quota de 14 por cento no mercado de equipamentos móveis, posicionando-se logo a seguir à Nokia e à Motorola. Neste último exercício 38 por cento das vendas de equipamentos móveis suportavam terceira geração, um número que a empresa pretende este ano ultrapassar.



Para 2006 a Samsung pretende aumentar para 45 por cento a quota de equipamentos 3G a colocar no mercado e a sua quota no segmento para os 17 por cento, revelou Jaime Ferreira, responsável pela área de telecomunicações da companhia no mercado local.



Segundo este, metade do portfólio de equipamentos a lançar pela Samsung em Portugal durante este ano serão já 3G, o que permite prever um aumento das vendas para este tipo de produto. A fabricante coreana quer ainda reforçar a aposta no mercado empresarial alargando o seu portfólio de produtos nesta área.



Com este objectivo estreitou laços com a Microsoft e prepara o lançamento de novos smartphones com sistema operativo Windows, explica Jaime Ferreira. Ao longo do último ano a Samgung aposta na renovação da sua gama de equipamentos apostando em equipamentos mais finos e onde o design é um elemento central. Alguns dos modelos desenhados no âmbito deste novo conceito estão já no mercado, durante o primeiro trimestre serão lançados mais cinco.



A Samsung Portugal terminou 2005 com uma facturação de 209 milhões de euros, num crescimento de 14 por cento face ao mesmo período do ano passado. A área de telecomunicações pesou cerca de metade nos negócios da companhia (43 por cento), com a facturação a crescer 25 por cento. Por oposição, a área de informática foi a que menos contribuiu para os resultados anuais com um decréscimo nas vendas que atingiu os 10 por cento, fruto da reestruturação de que foi alvo.



Na conferência de imprensa Rui Conde, director geral da Samsung Portugal, adiantou ainda que a empresa pretende este ano formar 600 vendedores e aumentar a sua rede de concessionários. O objectivo é aumentar quotas nos vários segmentos e oferecer um melhor serviço de assistência ao cliente, garantiu.



Notícias Relacionadas:

2005-02-17 - Samsung quer ultrapassar Siemens no mercado português

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.