Tal como havia sido antecipado há menos de um ano atrás, a Disney vai avançar com um serviço de telefonia móvel nos Estados como operador virtual. A proposta da gigante da animação passa pela oferta de equipamentos que permitem o controlo sobre as funcionalidades que apresentam.



Através do Disney Mobile, que segundo o noticiado pela Reuters deverá ficar operacional a partir do próximo mês de Junho, os educadores vão, por exemplo, poder ficar a par das chamadas efectuadas, e das mensagens de texto, vídeo e imagem enviadas pelos mais novos, sendo igualmente possível estabelecer limites em redor das chamadas. Os telefones permitem também a localização dos seus utilizadores, através do sistema de posicionamento global, ou GPS.



A nova iniciativa da Disney dirige-se àquele que é ainda nicho de mercado nos Estados Unidos, mas que apresenta um grande potencial de crescimento, o dos jovens entre os 10 e os 15 anos. A taxa de penetração dos serviços móveis nos EUA é actualmente de 70 por cento, mas apenas 45 a 50 por cento dos jovens com 13 anos de idade têm telemóvel, contabiliza a Jupiter Research.



Os custos do serviço da Disney não foram revelados, embora a empresa garanta que os mesmos serão competitivos face aos planos móveis familiares já existentes no mercado. O Disney Mobile deverá dar lucro após os primeiros dois ou três anos, acrescentou a empresa, que não coloca de parte a hipótese de alargar a disponibilização do serviço a outros mercados, nomeadamente na região da Europa e na Ásia.



O Disney Mobile correrá na rede da Sprint, e de início contemplará terminais das fabricantes sul-coreanas LG Electronics e Pantech.



Notícias Relacionadas:

2005-02-28 - Disney abandona experiências com DVDs auto-destrutíveis

2004-02-09 - Microsoft e Disney em acordo para multiplicar distribuição dos conteúdos digitais

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.