A Research in Motion (RIM) estreou-se entre o grupo das cinco maiores fabricantes de telemóveis do mundo, ajudada pela procura crescente por telefones inteligentes. Os dados são da IDC e colocam a empresa dos Blackerry junto da Nokia, Samsung, LG Electronics e Sony Ericsson.

As vendas totais do segmento no primeiro trimestre de 2010 atingiram os 295 milhões de terminais, uma subida de 21,7 por cento em relação ao mesmo período de 2009.

A RIM vendeu 10,6 milhões de telemóveis, superando muito ligeiramente os 10,5 milhões de terminais comercializados pela Sony Ericsson. Na disputa pelos lugares cimeiros, a Motorola (8,5 milhões) "abandonou" o Top5, tendo mesmo ficado abaixo da Apple, que vendeu 8,75 milhões de modelos iPhone.

A Nokia mantém a liderança, mas perdeu quota de mercado, que recuou para os 36,6 por cento, face aos 38,4 por cento registado nos primeiros três meses de 2009.

A Samsung, em segundo lugar, viu a sua participação crescer para os 21,8 por cento, comparativamente aos 18,9 por cento de um ano antes.

Na terceira posição, a LG fechou o primeiro trimestre com um market share de 9,2 por cento, praticamente idêntico aos 9,3 por cento do mesmo período de 2009.

Líder e vice-líder venderam, respectivamente, 107,8 milhões e 64,3 milhões de telefones móveis durante o período em análise, enquanto a LG comercializou 27,1 milhões.

"A entrada da RIM no Top5 mostra que a tendência de crescimento sustentável de smartphones tem contribuído para a recuperação do mercado mundial de telemóveis", refere a IDC.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.