Terminou ontem, dia 17 de setembro, a migração da TDT da região 4, que preparou os distritos de Santarém, Coimbra e Castelo Branco, assim como algumas localidades do sul dos distritos de Viseu e de Aveiro. Sem mãos a medir, a próxima fase do processo, da região 5 começa hoje, dia 18 de setembro.

Segundo a Anacom, a migração abrange os distritos da Guarda, Bragança e Vila Real (a metade leste) e os concelhos situados mais a leste do distrito de Viseu (ver tabela e mapa). No entanto, a reguladora avisa para alguns efeitos da mudança da nova fase já se possam fazer sentir, desde o dia 14, visto que existem emissores da região 4 que impactaram esta região, designadamente Carpinteira e Reitoria, na Covilhã, que foram alterados nos últimos dias.

tek anacom tdt

Até ao dia 15 de setembro, tinham mudado de frequência 121 emissores, de um total de 243, ou seja, metade do percurso de migração total do TDT.

Tal como as anteriores regiões que receberam mudança de frequência dos emissores, se for utilizador da TDT e o seu ecrã ficar negro, apenas terá de fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e poderá continuar a ver televisão gratuitamente, como tem acontecido até agora. A Anacom alerta de que não é necessário substituir ou reorientar a antena, nem trocar a televisão ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga. Apenas os condomínios/edifícios que tenham instalações com amplificadores mono-canal podem ter de os substituir.

tek anacom tdt

Caso não consiga fazer a sintonia dos equipamentos por si ou com a ajuda prestada através do número gratuito 800 102 002, entre as 9h e as 22h, a ANACOM agendará uma visita a casa da pessoa de técnicos devidamente identificados para proceder à sintonia, de forma gratuita. A reguladora alerta ainda para a atenção redobrada das visitas que recebe durante este período. “Se a pessoa nunca ligou para este número e aparecer alguém a bater-lhe à porta a dizer que é da Anacom e que vai fazer a sintonia dos equipamentos, há que ter cuidado e não abrir a porta, porque não serão técnicos da Anacom”.

A conclusão da migração da rede de TDT está prevista para 18 de dezembro. Recorde-se que o processo de migração da rede de TDT começou a 7 de fevereiro e foi suspenso a 13 de março, devido aos efeitos da pandemia de COVID-19.

Para divulgar este processo, que visa libertar a faixa dos 700 MHz, necessária à implementação do 5G, a Anacom tem feito reuniões por todo o país com as Comunidades Intermunicipais (CIM), de modo a dar a conhecer às câmaras municipais as medidas que adotou para apoiar a população a fazer a migração. Até agora já se realizaram reuniões com 14 CIM, num total de 188 Câmaras Municipais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.