A compra da E-Plus, filial da KPN, garante à operadora o acesso a 47 milhões de acessos fixos e móveis e receitas de 8 mil milhões de euros, o que se traduz na liderança do mercado alemão e num ganho de protagonismo no mercado europeu, onde passa a ser a segunda maior operadora.



Esta posição é detida pela Telefónica Alemanha, que a Telefónica controla em 62,1% e que passa a integrar toda a atividade da E-Plus, reduzindo o número de concorrentes no mercado alemão, que passa agora para três.



Os concorrentes da Telefónica neste território são a Telekom Deutschland e da Vodafone Alemanha.



Note-se ainda que para adquirir a E-Plus, a Telefónica investiu 8,6 mil milhões de euros, numa operação que obrigou a empresa a fazer um aumento de capital.

O negócio garantiu em agosto as autorizações regulatórias de que precisava para ser concluído e tem vindo a ser consumado desde então.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.