Pelo negócio com o grupo de Hong Kong a operadora espanhola vai receber 10 mil milhões de libras (cerca de 9,13 mil milhões de euros). Vai também abrir portas à criação de um dos maiores operadores britânicos, uma vez que a Hutchison já é dona da Three.



A combinação das duas empresas cria um operador líder em quota de mercado, de acordo com as previsões das empresas, que vinham trabalhando no negócio desde o início do ano.


O negócio deve estar concluído no final do primeiro semestre de 2016, ou no final do trimestre seguinte. Antes disso terá de receber a aprovação dos reguladores.


Recorde-se que a O2 foi criada pela British Telecom que há uns anos decidiu concentrar-se no negócio fixo e vender a operação móvel. A Telefónica comprou-a e no final do ano passado as duas empresas voltaram a juntar-se à mesa das negociações: a operadora espanhola queria vender a operação e a BT queria recomprá-la.


As negociações acabaram por não chegar a bom termo e a Hutchison comprou a O2. Enquanto isso a BT encontrou outra saída para regressar ao mercado móvel e adquiriu a EE por 12,5 mil milhões de libras.


O negócio ainda não está concluído mas esta semana a BT está já a apresentar as primeiras ofertas combinadas de banda larga fixa e comunicações móveis. O preço é agressivo e revela que a empresa vai apostar em força na recuperação de um lugar confortável neste mercado.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.