Cerca de três quartos da população mundial contam, atualmente, com acesso a telemóvel e a comunicações móveis, revela um novo estudo do

, divulgado ontem.

Num comunicado oficial, a organização realça que o número de subscrições de serviços de comunicações móveis ter passado de menos de mil milhões no ano 2000, para mais de seis mil milhões nos dias que correm.

O crescimento fica também patente no número de aplicações descarregadas. Só no ano passado terão sido feitos mais 30 mil milhões de downloads.

A nota publicado online destaca ainda o facto de a grande maioria dos utilizadores de telemóveis - 5 mil milhões - se encontrarem em países em desenvolvimento, o que é apontado como um sinal da importância deste tipo de acessos para as regiões onde aina não possível levar a cabo projetos dispendiosos de implementação de tecnologias de comunicação fixa.

"As comunicações móveis oferecem grandes oportunidades em matéria de desenvolvimento social e económico - desde o acesso a informação básica sobre saúde à possibilidade de fazer pagamentos, estimular a criação de empregos ou o envolvimento dos cidadãos nos processos decisórios democráticos", afirmou a vice presidente do BM para a área de Desenvolvimento Sustentável, Rachel Kyte, citada no comunicado.

O desafio passa agora por dar às pessoas, empresas e governos dos países em desenvolvimento os meios para desenvolverem aplicações relevantes a nível local que lhes permitam tirar total partido destas oportunidades, concluiu a responsável. Estas soluções passarão sobretudo por aplicações que não exijam muita largura de banda, recorrendo a tecnologias como o WAP e SMS.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.