(corrigida)
Disponível a partir desta segunda-feira, o Zzt! é a mais recente oferta de acesso à Internet de banda larga através de cabo da TV Cabo, que funcionará em regime de pré-pagamento, abandonando a mensalidade fixa tradicionalmente associada à família de produtos NetCabo. A PT Multimédia pretende alargar este regime ao ADSL em três a quatro semanas, garantiu Zeinal Bava, presidente da comissão executiva da empresa.



O Zzt! implica um carregamento de 22,5 euros a cada 60 dias, que pode ser efectuado através da rede de caixas Multibanco ou por telefone, sendo o valor do carregamento debitado na factura da TV Cabo. Cinco caixas de correio e 15 MB de espaço para email e alojamento de uma página pessoal, à velocidade máxima de 256 Kbps, com tráfego ilimitado (nacional e internacional) constituem as características básicas do novo serviço NetCabo.



Debitado em períodos de 10 minutos, o novo serviço custa três cêntimos por minuto (3o cêntimos por período), implicando igualmente a aquisição do kit de activação (25 euros). De inicio a obrigatoriedade do carregamento no valor e prazo estipulados impõe-se, o que não quer dizer que no futuro o Zzt! não venha a evoluir para outras condições, "tal como aconteceu no pré-pago com os telemóveis", salientou Zeinal Bava, presidente da comissão executiva da PT Multimédia, hoje em conferência de imprensa, referindo que este é o produto que faltava à oferta de banda larga da TV Cabo. "Este produto vem fechar um ciclo das ofertas de Internet através de cabo", referiu.



No caso de incumprimento dos termos previstos, e se continuar interessado em usufruir da oferta Zzt!, o cliente será obrigado ao pagamento de nova activação do serviço (25 euros). O produto vai estar disponível através da rede de lojas PT, assim como nas grandes superfícies e lojas de informática. A sua aquisição online oferece algumas benesses aos clientes PT que poderão, por exemplo, somar minutos para utilização Wi-Fi.



Com uma campanha de marketing essencialmente dirigida a um target jovem, o Zzt! pretende, segundo Zeinal Bava, "reposicionar" a marca NetCabo, incentivando os 300 a 500 mil clientes do Grupo PT que ainda navegam em banda estreita a mudarem para a Internet de alto débito.



Adiantando que prevê que o regime pré-pago na Internet agora iniciado seja alargado à oferta por ADSL no muito curto prazo, três a quatro semanas, Zeinal Bava actualizou as estimativas da PT no que diz respeito ao número de clientes para a banda larga. O responsável afirmou que o grupo de telecomunicações pretende atingir até ao final deste ano os 750 mil clientes de banda larga e o milhão de clientes até ao final de 2005 - ADSL e cabo -, "contribuindo para que Portugal seja um dos países com maior taxa de penetração da tecnologia na Europa", garantiu.



Nota da Redacção: [2004-05-12 10:14:00] A notícia foi corrigida no cálculo do preço taxado por um período de 10 minutos. Tinha sido referido erradamente como 3 euros, quando o valor é efectivamente de 30 cêntimos.



Notícias Relacionadas:

2004-04-13 - Zeinal Bava e financeiros da PT distinguidos a nível internacional

2003-10-18 - Grupo PT quer 750 mil clientes de banda larga até 2005

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.