O último estudo da Global mobile Suppliers Association (GSA) sobre o número de subscritores UMTS em todo o mundo revela que este ano já foram contabilizadas 82 redes activas em 37 países. Durante o ano de 2005 registou-se um aumento de 22 redes, sendo que existem ainda mais sete que se encontram na fase pré-comercial, um balanço muito positivo para o desenvolvimento do serviço.

Esta análise mostra que mesmo nas zonas menos desenvolvidas do globo o 3G é já uma realidade. Ao longo do ano grande parte dos lançamentos de novas redes aconteceram fora da Europa, com destaque para os continentes asiático e americano.

Da mesma forma o relatório sublinha que os últimos lançamentos de terminais aumentaram o número de dispositivos WCDMA/HSDPA disponíveis no mercado. A GSA diz que actualmente existem 186 modelos distintos de terminais desenvolvidos por 26 fabricantes das várias zonas do globo, sendo que 70 equipamentos foram lançados durante o último semestre.

De acordo com os últimos dados no final do mês de Julho, o número global de assinantes de serviços WCDMA alcançou os 30,79 milhões, representando um crescimento de 13,9 milhões desde 2004, traduzindo uma média de dois milhões de novos assinantes por mês em 2005.

O estudo também identificou que actualmente cerca de 46 operadores estão a operar ou desenvolver redes combinadas de WCDMA e EDGE, assegurando a melhoria da velocidade dos serviços móveis.

Notícias Relacionadas:

2005-06-22 - Vodafone quer 360 mil clientes UMTS até final do primeiro trimestre 2006

2005-06-01 - TMN quer massificar 3G em Portugal

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.