A "mulher forte" da HP foi obrigada a sair do cargo de presidente e CEO que ocupava desde 1999 devido a desentendimentos com o Conselho de Administração relativamente à estratégia a seguir pela companhia. O anúncio da saída de Carly Fiorina foi feito hoje e tem efeitos imediatos, repercutindo-se de forma positiva na cotação das acções da empresa que subiram 11,4 por cento no período de pré-abertura do mercado, indica a Reuters.



Segundo o comunicado à imprensa do conselho de Administração da HP, o actual director financeiro da empresa, Robert P. Wayman, vai assumir interinamente a direcção executiva da empresa deixada por Carly Fiorina, enquanto Patricia C. Dunn, directora da HP desde 1998 ocupará o cargo de presidente do conselho de Administração sem funções executivas.



O mesmo comunicado refere uma citação de Carly Fiorina, onde explica que embora lamente as diferenças que existem com o conselho sobre a forma de executar a estratégia da HP, respeita a decisão tomada. "HP é uma óptima empresa e desejo para todas as pessoas da HP enorme sucesso no futuro", acrescenta ainda Carly Fiorina.



Por sua vez Patricia Dunn, em nome do conselho de administração, elogia o trabalho de Carly Fiorina na revitalização da empresa, a sua visão estratégica e a concretização de um plano que permitiu à HP alargar a sua capacidade concorrencial. "Agradecemos a Carly pela sua significativa liderança dos últimos seis anos enquanto pretendemos acelerar a execução da estratégia da empresa", refere ainda aquela que hoje assume o papel de presidente do conselho de Administração.



A HP está agora à procura de um substituto para o cargo ocupado por Carly Fiorina, ao mesmo tempo que se prepara para anunciar os seus resultados de 2004 já no próximo dia 16 de Fevereiro e mantém a assembleia anual de accionistas marcada para 16 de Março.



Segundo informação à imprensa, não estão previstas outras alterações na estrutura da HP nem na liderança executiva.

Recorde-se que Carly Fiorina assumiu a direcção executiva da HP em 1999, substituindo Lew Platt, e a presidência do conselho de administração em 2000. Uma das principais marcas da sua liderança foi o negócio de fusão entre a Compaq e a HP, anunciada a 4 de Setembro de 2001.



Notícias Relacionadas:

2004-08-13 - Resultados da HP para o terceiro trimestre desiludem
2002-06-04 - Fusão entre HP e Compaq avaliada na apresentação de resultados

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.