A Google anunciou esta madrugada alterações à sua ferramenta de tradução online. O Google Translate tem um interface renovado e conta com novos recursos, tudo para que seja mais fácil aos utilizadores descobrirem e usarem as diversas funcionalidades e integrações do serviço.

O TeK falou com Javier Árias, engenheiro da Google, a propósito das mudanças recentes, mas também sobre a criação e consequente evolução deste recurso.

TeK: O que justifica a disponibilização destas novas funcionalidades no Google Translate?

Javier Árias:
Não estamos introduzir novas funcionalidades. Estamos apenas a comunicar um conjunto de alterações no Google Translate que melhoram o processo de tradução de texto, páginas da Web e documentos. As alterações em curso irão tornar o Google Translate mais simples para os novos utilizadores.

Irá ter um novo interface que vai torná-lo mais simples irá permitir que o utilizador tire o máximo partido dos seus recursos. Por exemplo, fazer pesquisas em várias línguas usando o Google Translate, traduzir emails no Gmail ou a possibilidade de ter o Google Translate em telemóvel.

[caption]Javier Árias[/caption]
TeK: Como e porque é que a Google decidiu criar o Google Translate?

J.A.:
Em 2004, Sergey Brin publicou um email de um fã coreano através de um serviço de tradução registado. O email dizia: "The sliced raw fish shoes it wishes. Google green onion thing!" ("O peixe cru em fatias sapatos que desejar. Google cebola coisa verde!) " Depois disso, Sergey achou que poderia fazer melhor. E fazer melhor significava investir recursos do Google no desenvolvimento de um serviço de tradução que permitiria aos utilizadores acederem a conteúdos na Internet, não importa em que idioma tivessem sido escritos originalmente.

O Google Translate foi projectado para ser automático, para fazer traduções sem intervenção humana e para detectar automaticamente a linguagem permitindo melhorar continuamente a qualidade das traduções.

TeK: Durante quanto tempo trabalhou a Google no Google Translate antes do seu lançamento? Quantas estiveram envolvidas no processo?

J.A.:
Como em todos os projectos de software a quantidade de tempo dispensado no desenvolvimento varia de acordo com a complexidade do projecto. No caso do Google Translate, seguimos a ideia de lançamento rápido do produto, incluindo novas funcionalidades, interfaces e linguagens. Isto significa que a quantidade de pessoas envolvidas no projecto está em constante evolução, adaptando-se consoante as necessidades específicas deste projecto.

Também é importante notar que, como o Google Translate é um produto que oferece funcionalidades-chave para vários produtos do Google (ou seja, Motor de procura, Mobile, YouTube, etc), os engenheiros que trabalham com esses produtos também estavam envolvidos na integração com o Google Translate.

TeK: Que tecnologia está o Google a utilizar para o funcionamento do Google Translator? O processo é igual para todos os idiomas?

J.A.:
Para uma tradução normal, o Google Translate procura padrões em centenas de milhões de documentos que já foram traduzidos por tradutores humanos, e decide qual a melhor tradução para cada caso. Esta tecnologia é apelidada de "Statistical Machine Translation" (Tradução Automática por Estatística") e é utilizada em todas as linguagens suportadas pela Google.

TeK: Como vê a Google o Translate na sua estratégia?

J.A.:
O Google Translate é uma ferramenta chave na missão da Google para organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil. Permitir que os utilizadores tenham acesso à informação, não importa em que língua esteja escrita, é essa a missão do Google Translate.

TeK: Como pensa que a tradução pode evoluir no futuro? O que podemos esperar doTtranslate num futuro próximo?

J.A.:
Serão três as linhas principais na evolução do Google Translate. A primeira é a inclusão de novas linguagens. Actualmente, o Google Translate suporta 57 línguas e estamos a trabalhar para introduzir mais no futuro.

A segunda é um aumento da qualidade de tradução. As técnicas de tradução automática por estatística aumentam a qualidade de tradução com a quantidade de documentos traduzidos que são processados e usados para as traduções normais e na Google estamos sempre a trabalhar em localizar e processar esses documentos na Internet.

A terceira é a integração do Translate com mais produtos. Uma das vantagens do Google Translate é o facto de permitir a sua integração com mais produtos (ex. Gmail, motor de pesquisa e equipamentos móveis). Por isso, podemos aguardar por mais integrações, não apenas em produtos da Google, mas também em produtos compatíveis com a linguagem de programação Google AJAX API.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.