Por Nelson Pinho (*)

No atual cenário tecnológico de constante evolução, a inteligência artificial generativa (IA generativa) emergiu no final de 2022 como uma força verdadeiramente transformadora e com potencial de revolucionar a indústria e a sociedade. Consciente deste efeito transformador, a EDP deu início a uma jornada estratégica para acelerar a implementação de aplicações de IA generativa, democratizando assim o acesso a esta tecnologia emergente, identificando, valorizando e priorizando dezenas de use cases. Neste último ano, a EDP criou as fundações para que a IA generativa se torne num superpoder dentro do grupo e dos seus colaboradores. Vários destes use cases estão já a ser usados pelas equipas da EDP, alguns deles transformando processos core de negócios, com melhoria significativa dos indicadores de produtividade (e, brevemente, de experiência dos seus clientes).

Acreditamos também que, ao fornecer um plano claro para o desenvolvimento de competências (como o design e engenharia de prompts, MLOps, Data Governance, Data Engineering, entre outros), com base na função, nível de proficiência e objetivos de negócio, estamos a capacitar a EDP para tirar melhor proveito da IA (incluindo a IA generativa). Ninguém se deve sentir isolado nesta jornada transformadora e, com toda a equipa capacitada, obteremos melhores resultados.

A colaboração e partilha de conhecimento têm sido fundamentais para impulsionar a adoção da IA generativa no grupo. Em 2023, a EDP realizou vários workshops globais que visavam mostrar o potencial da tecnologia a centenas de colaboradores, fomentando uma cultura de inovação e partilha de conhecimento e competências de IA. A ética e responsabilidade estão relacionadas com os valores essenciais da EDP e não poderiam deixar de estar presentes desde o início desta jornada. As equipas de Data & AI, em conjunto com as áreas jurídica, compliance e cibersegurança desenvolveram e aprovaram uma arquitetura de referência para IA generativa, bem como uma política de utilização que estabelece  um conjunto de 10 regras de ouro para garantir que a utilização desta tecnologia seja segura e alinhada com os princípios éticos da EDP. Estamos confiantes de que esta abordagem, aliada a uma fundação sólida de governance e estratégia de dados, posiciona a EDP para aproveitar todo o potencial da IA generativa, ao mesmo tempo que nos permite tomar as devidas precauções e preparar-nos para os futuros enquadramentos legislativos e regulatórios relacionados com esta matéria.

Em conclusão, estamos convictos de que a IA generativa tem um enorme potencial transformador para todas as pessoas e organizações, impulsionando a eficiência, a produtividade, a inovação e até a criatividade. A EDP tem a ambição de ser reconhecida como líder na área de AI no setor energético a nível global. Ao priorizar considerações éticas, fomentar uma cultura de colaboração, progresso coletivo, desenvolvimento de competências e ao partir de uma estratégia de dados e IA global e ambiciosa, acreditamos que estamos preparados para aproveitar todo o potencial desta tecnologia e torná-la num verdadeiro superpoder ao serviço da estratégia da EDP.

(*) Global Chief Data Officer do Grupo EDP e membro do Conselho Consultivo do Building The Future

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.