A Droidcon conta com 11 anos de existência e já esteve presente em mais de 25 cidades. Agora é a vez de Portugal receber pela primeira vez a "conferência Android" que arrancou esta quarta-feira e termina amanhã, no campus da Faculdade de Ciências na Universidade de Lisboa.

Destinado sobretudo a pessoas ligadas à informática, nomeadamente programadores que desenvolvem aplicações para a plataforma Android, o evento atrai também estudantes do ensino superior.

O senior android developer e um dos organizadores da Droidcon Lisbon 2019, Fábio Pinho, mostra-se surpreendido com a quantidade de oradores que submeteram as suas sessões para esta edição, qualificando o número como “extraordinário".

“Todos os anos sentia que podíamos fazer em Portugal algo pelo menos tão bom como o que é feito noutros países e este ano finalmente consegui reunir as condições necessárias para tentar organizar o evento em Portugal.”

Com cerca de 40 sessões, o evento conta com oradores que trabalham em empresas como a Google, Uber, Microsoft, o Facebook e Spotify.

Droidcoin Lisbon 2019

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.