Depois de uma primeira fase que terminou a 2 de junho, está aberta a segunda fase de candidaturas para o programa Spark 4 Business, que tem 125 mil euros para apoiar projetos nacionais que usem tecnologia espacial para criar novos produtos ao serviço da Terra.

O Spark 4 Business, uma iniciativa da Agência Espacial Europeia (ESA), coordenada pelo Instituto Pedro Nunes (IPN), conta com o apoio da Agência Espacial Portuguesa  - Portugal Space e da Anacom e tem como objetivo apoiar cinco projetos que utilizem ativos espaciais, como Comunicações por Satélite, Navegação por Satélite, dados de Observação da Terra ou Tecnologias Espaciais, para desenvolver novos produtos e serviços para mercados terrestres, em áreas como a saúde, transportes, energia, agricultura, ambiente ou segurança.

Ao todo, cada um dos projetos receberá um financiamento máximo de até 25 mil euros, assim como apoio do IPN no estudo da viabilidade financeira e técnica. O IPN avança que as empresas escolhidas terão acesso a um relacionamento direto com a ESA, de modo a fortalecerem os seus modelos de negócio e a suas componentes técnicas e espaciais. Além disso, o programa Spark 4 Business abre ainda portas para a participação futura noutros programas da ESA.

Startups trazem tecnologia do Espaço para negócios na Terra nas 15 incubadoras da ESA em Portugal
Startups trazem tecnologia do Espaço para negócios na Terra nas 15 incubadoras da ESA em Portugal
Ver artigo

Até à data, o programa Spark 4 Business já apoiou 20 startups portuguesas, como a Connect Robotics, que criou um sistema de entrega de encomendas por drone, ou a Theia, que recorre a dados de satélite para a monitorizar a segurança de infraestruturas como terraplenagens em estradas e ferrovias.

A segunda fase do Spark 4 Business está aberta até ao dia 2 de novembro e todos os interessados podem submeter as suas candidaturas através do website da iniciativa.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.