É uma espécie de "revolta das máquinas fotográficas compactas": depois de perderem quota de mercado para os telemóveis, cada vez mais transformados em câmaras de bolso que prometem muitos milhões de pixéis no sensor, os fabricantes de máquinas fotográficas digitais começam a colocar tecnologias e funcionalidades que prometem executar várias funcionalidades normalmente associadas aos smartphones.

Primeiro, as más notícias: não será para já que poderemos comprar uma máquina fotográfica que permita fazer chamadas, tal como como num telemóvel; mas as boas notícias é que são já várias as câmaras compactas a incluir de origem ligações Wi-Fi, ou mesmo o sistema operativo Android.

Ou seja, as máquinas fotográficas estão a tornar-se, paulatinamente, em dispositivos que permitem muito mais do que registar fotos. Usando uma ligação Wi-Fi, por exemplo, o utilizador pode captar um qualquer momento e partilhá-lo diretamente na Internet, ou enviar o respetivo ficheiro para o computador mais próximo, sem necessitar de cabos ou de retirar o cartão de memória.

Já nas versões que incluem Android, a possibilidade de correr apps diversas e, do mesmo modo, de aceder à Internet, tornam uma simples máquina fotográfica num centro de entretenimento para trazer no bolso. Sem poder fazer chamadas, é certo, mas com um potencial de utilização alargado.

O TeK foi à procura de câmaras fotográficas que ensaiam uma nova geração de funcionalidades, como a ligação Wi-Fi ou a utilização do sistema operativo Android. Encontrámos um quarteto de propostas, entre modelos com ambas as funcionalidades, até a simples cartões de memória que ligam a sua velhinha máquina a uma rede de computadores sem fios.

Nikon Coolpix S800c

[caption]Nikon COOLPIX S800c[/caption]

Enviar fotos diretamente para as redes sociais, retocar fotos e vídeos a partir da própria máquina, ou correr jogos enquanto se espera pelo momento certo para fotografar: estas são algumas das funcionalidades suportadas por esta nova compacta digital da Nikon, que inclui ligação Wi-Fi e corre o sistema operativo Android 2.3.

A máquina está baseada num sensor com 16 Megapixéis, incluindo uma lente equivalente a uma 25-250mm (zoom ótico de 10x, com abertura a partir de f/2.3) e um ecrã OLED de 3,5", a partir do qual o utilizador pode navegar pelas funções e dados.

Para guardar toda a parafernália de conteúdos, a Coolpix S800c disponibiliza uma memória interna com 1,7 GB de capacidade para fotos e filmes, a que se juntam 680 MB para aplicações. Em todo o caso, o utilizador pode sempre adicionar cartões de memória SD/SDHC até 32 GB de capacidade.

A nova compacta da Nikon deverá chegar ao mercado português nas próximas semanas, a preços não divulgados oficialmente pela empresa. No entanto, o PVP para o mercado norte-americano está indicado em $350.

Samsung GALAXY Camera

Depois de criar smartphones e tablets da série Galaxy, com capacidades fotográficas que continuam a prometer uma qualidade semelhante a uma máquina compacta, a Samsung quer agora rentabilizar a marca Galaxy através de… uma máquina fotográfica.

O resultado chama-se Galaxy Camera, foi apresentado durante e recente edição da IFA e tem como principais características a utilização do sistema operativo Android 4.1 Jelly Bean, a que se juntam ligações Wi-Fi e mesmo 3G ou 4G.

[caption]Samsung Galaxy Camera[/caption]

Ainda sem data oficial de lançamento no mercado português, esta compacta digital disponibiliza um sensor com 16 Megapixéis, lente com zoom ótico de 21x (grande angular de 23mm) e um ecrã com 4,8" de diagonal.

A ideia, segundo a Samsung, é permitir a partilha de conteúdos multimédia a partir desta câmara, sem necessidade de cabos para o fazer, ao mesmo tempo que pode funcionar como dispositivo de produtividade alternativo

A utilização de apps para partilha de conteúdos online, reprodução de jogos e conteúdos multimédia, localização geográfica, ou mesmo criação de documentos de produtividade são algumas das utilizações possíveis neste modelo, que será disponibilizado em várias versões - com ligação Wi-Fi única, ou que reúne o Wi-Fi ao suporte a redes 3G ou 4G/LTE.

Canon IXUS 240 HS e IXUS 510 HS

Se a ideia é ter já acesso a uma máquina fotográfica digital que ofereça ligações sem fios, mesmo sem Android, a Canon é uma das marcas com propostas do género já à venda.

[caption]Máquinas Canon com WiFi[/caption]

A sua gama de compactas lifestyle IXUS inclui dois modelos com ligação Wi-Fi, que permitem não só a partilha de fotos e vídeos para redes sociais, PCs, tablets ou smartphones através de uma ligação de rede wireless, mas também a impressão direta de fotos.

Para o efeito, basta ter uma impressora com suporte Wi-Fi e compatível com o protocolo Print Bridge.

A IXUS 240 HS é uma versão compacta com sensor CMOS de 16,1 Megapixéis, lente com zoom ótico de 5x (grande angular de 24mm) e ecrã de 3,2" com obturador tátil; enquanto a IXUS 510 HS apresenta num corpo mais compacto um sensor de 10,1 Megapixéis, lente com zoom ótico de 12x e um ecrã semelhante.

Ambos os modelos possuem capacidade para gravar vídeos com resolução 720p, incluindo um modo automático de disparo com 58 cenas pré-instaladas e capacidade de disparo a alta-velocidade.

Um cartão… sem fios

Se faz parte do grupo de utilizadores que já possui uma máquina fotográfica compacta, mas deseja adicionar novas capacidades de ligações sem fios sem ter que comprar uma máquina nova, os cartões Eye.Fi poderão ser uma solução interessante.

[caption]cartões EyeFi[/caption]

Em termos práticos, trata-se de um cartão de memória que serve também como placa de rede sem fios, permitindo assim ligar uma máquina fotográfica digital a uma rede Wi-Fi e, a partir daí, partilhar conteúdos com outros dispositivos ou mesmo na Internet.

A empresa disponibiliza cartões com várias capacidades de armazenamento, desde versões com 2GB + Wi-Fi aos novos ProX2, com 8GB de capacidade, velocidades Class 6 e suporte a uploads de imagens em raw.

De acordo com a Eye.Fi, todos os cartões são compatíveis com a funcionalidade de "Instant Sharing", para envio direto de conteúdos para o Facebook.

No site da empresa é possível saber quais as versões destes cartões compatíveis com os mais variados modelos e marcas de máquinas digitais compactas, mesmo que já possuam um bom par de anos.

No vídeo que se segue, a empresa mostra como funcionam os cartões Eye.fi:

Os preços cartões Eye.Fi vão dos 39,99 dólares aos 99,99 dólares


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.