O site foi apresentado com a Fundação, mas acabou por passar despercebido entre muita informação do projeto que quer apostar na educação dos portugueses e que vai promover o financiamento dos custos de inscrição e propinas, através do ISA FJN.

A ideia do Brighter Future é dar informação aos jovens e adultos que queira continuar a estudar para tomar decisões sustentadas, através de dados sobre a procura de competências e perspetivas de empregabilidade para permitir assim escolher uma carreira e um percurso de formação.

As profissões onde compensa mais fazer um Mestrado ou a profissão mais bem paga são alguns dos dados já trabalhados em textos pelo site, mas há muito mais para descobrir e explorar, como o salário médio por área de formação no Ensino Superior, o risco de desemprego nos recém-licenciados e outras informações relevantes.

O site conjuga mais de 200 milhões de registos de mais de 2.500 ficheiros de fontes de dados, num total de mais de 50 GB de informação que resulta em mais de 200 gráficos diferentes de análise e 100 páginas de exploração de informação, com mais de 400 indicadores. A visualização, modelação e exploração de dados foi desenvolvida com a Singularity Digital Enterprise, uma empresa portuguesa dedicada ao desenvolvimento e comercialização de produtos e serviços nas áreas da Data Science, IA e Machine Learning.

O projeto da Fundação José Neves foi apresentado na semana passada e tem um investimento de 5 milhões de euros a dois anos na área da educação. José Neves, fundador da Farfetch, é um dos empresários mais ricos de Portugal, em quarto lugar na lista, e só com o IPO da Farfetch conseguiu encaixar uma fortuna superior a mil milhões de dólares. O empreendedor já tinha a ambição de desenvolver um projeto de filantropia, e entre os seus modelos está Bill Gates.

Depois de ter feito o IPO da Farfetch comprometeu-se a doar 2/3 da sua fortuna durante o seu tempo de vida, ou em herança. "O que recebemos devemos retribuir [...] é natural", diz, lembrando que este investimento é mais do que dinheiro, é talento, paixão. recursos e ligações, mas também em trazer ideias, e para isso conta também com o apoio de Carlos Oliveira e António Murta, e o envolvimento de empresas como a Microsoft e a Outsystems.

José Neves acreditam que as competências e formação são o verdadeiro catalisador para o desenvolvimento humano e da economia, e por isso a Fundação arranca com dois projetos, o ISA FJN e o Brighter Future, mas tem mais ideias em carteira para o futuro.

Para o empreendedor esta é uma aposta geracional, não se faz em meia dúzia de anos, e pode ajudar a transformar Portugal num modelo económico assente no conhecimento. Mas o objetivo é medir o impacto e conseguir "retorno" em maior desenvolvimento humano, por isso a Fundação vai medir, auditar e reanalisar investimentos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.