Nunca sentiu que precisava de um apoio mais "consistente" na organização das ideias de um projecto, ou na simples organização do dia-a-dia?. Há muitas formas de o conseguir, se já sentiu que precisa, e uma delas pode ser o recurso a software de mapeamento de ideias.

São diversas as opções gratuitas a este nível e que, assegura quem usa, podem rapidamente passar de ferramentas desconhecidas para auxiliares indispensáveis. Seja num projecto empresarial, ou simplesmente para tornar o dia mais organizado, mas com recurso a menos papéis, sempre que precisa de juntar vários elementos e fontes para compor uma ideia.

Uma das soluções mais populares e por diversas vezes premiada é o Freemind. Open source e desenvolvido em Java, o software pode ser usado em sistemas Windows, Mac ou Linux. Aplica de forma inteligente a regra neste tipo de produtos: há uma ideia central em torno da qual a informação se agrupa em forma de diagramas, mais ou menos livres na organização.

Ao utilizador é dada grande liberdade na forma de passar para o PC as suas imagens mentais e a representação gráfica que estas assumem, bem como para usar a plataforma para juntar informação de várias proveniências e, depois de organizadas, exportá-la em vários formatos. A apresentação do produto é semelhante à de uma folha de papel, ladeada de ferramentas que apoiam a progressão do processo de brainstorming.
[caption]Freemind[/caption]

A Wikipedia é um dos caminhos possíveis para quem quer descarregar o produto, numa das várias versões disponíveis.

O MindMeister é outra opção e também é um produto open source premiado. As versões para iPhone e iPod, a versão offline e a possibilidade de manter mais do que uma pessoa a trabalhar no mesmo mapa mental em simultâneo e em tempo real estão entre os principais atractivos do programa, ainda que alguns não sejam atributos exclusivos.

[caption]Mindmeister[/caption]

Em termos de aparência o MindMeister usa um modelo simples e intuitivo e uma interface artesanal o suficiente para fazer lembrar os tempos em que o lápis e papel eram os aliados de eleição para arrumar ideias, misturando bem a sensação com a de estar a tirar partido das novas tecnologias para facilitar um processo.

Quando o objectivo é organizar e representar graficamente de uma forma mais pessoal e fácil de encontrar informação dispersa no PC, como contactos, páginas Web favoritas, ficheiros, documentos, a resposta também passar pelo Personal Brain.

O desenho do produto - mais "futurista" que o das soluções anteriores - torna fácil que essa informação fique depois associada a dados de projectos relacionados com as pessoas em questão, propostas de trabalho ou outros dados que pode "chamar" ao seu brainstorming sempre que quiser.

[caption]TheBrain[/caption]

A prioridade da ferramenta - com uma versão gratuita e versões pagas, tal como acontece com o MindMeister - é facilitar a ligação entre diversos tipos de informação e apresentá-la de forma simples em diagramas tão simples quanto possível. Também está disponível para Windows, Mac e Linux.

[caption]Dropmind[/caption]

O Drop Mind é outra opção possível para quem pretende uma ferramenta deste género, mais orientada a um universo de necessidades profissionais. Um dos destaques da plataforma, que cumpre as funções básicas dos restantes produtos referidos, é a forte aposta nas ferramentas que permitem transformar o trabalho de brainstorming numa apresentação para terceiros, online ou em papel. As três versões disponíveis do produto oferecem várias funcionalidades a este nível.

Quem quer explorar mais alternativas antes de tomar uma decisão também pode espreitar o Mind Genius, o MindJet
, iMindMap, entre outras.

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.