A Google anunciou o fim do projeto Daydream VR. Os novos Pixel 4 e Pixel 4 XL já não suportam a plataforma e a gigante tecnológica vai deixar de vender os headsets de realidade virtual.

"Não verificámos os níveis de consumo que esperávamos nem registámos a adoção que queríamos ter dos programadores", disse um representante da empresa em conversa com o Engadget. "Adicionalmente, conferimos também que a utilização do headset tem caído ao longo do tempo", rematou.

A Google explica ainda que a app Daydream vai continuar a funcionar para os proprietários de outros modelos Pixel e continuar a utilizar a plataforma.

A Google acredita que, atualmente, existem constrangimentos óbvios à utilização de conteúdos em realidade virtual, o que a torna pouco viável a longo termo - quando as pessoas colocam o smartphone no headset, deixam de conseguir utilizar outras aplicações, por exemplo. Note que, no entanto, nem por isto a tecnológica vai deixar de trabalhar em projetos de realidade aumentada.

Este é o último capítulo de uma morte anunciada. Recorde-se que os Pixel 3a e Pixel 3a XL já não suportavam o Daydream. A Hulu também cessou o suporte para o headset e a própria Google tirou do ar algumas das aplicações que desenvolveu para a plataforma.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.