O confinamento obrigou-nos a procurar ferramentas de videoconferência - umas vezes para agilizar a comunicação com colegas de trabalho, outras para colocar a conversa em dia com amigos e familiares. A popularidade destes serviços fez ascender plataformas menos conhecidas, como foi o caso do Zoom, mas as grandes tecnológicas apressaram-se a apanhar o comboio.

Para atrair mais utilizadores para a sua solução, a Google disponibilizou o Meet gratuitamente para toda a gente, no passado mês de maio, e integrou-o no Gmail, para o tornar mais acessível. A app só estava na versão web do serviço de email, mas a empresa anunciou hoje que também a versão mobile do Gmail vai passar a albergar o Meet.

Desta forma, passa a ser possível iniciar videoconferências com os seus contactos, diretamente da caixa de entrada da sua conta de email, tanto no computador, como no smartphone.

Nas próximas semanas, surgirá uma tab intitulada "Meet" na aplicação do Gmail. Dentro desta, aparecerão organizadas todas as reuniões convocadas através do Google Calendar, às quais poderá juntar-se com um simples clique no link da videoconferência.

Poderá igualmente começar novas reuniões instantaneamente com um simples clique, marcar reuniões e obter links partilháveis para que os seus colegas, amigos ou familiares se juntem às videoconferências.

Note que a nova tab do Meet pode ser ocultada no menu das definições.

Para que não se perca nas funcionalidades do Meet, a Google lançou um pequeno manual de introdução à ferramenta. A tecnológica explica-lhe ainda como fazer o melhor uso da ferramenta em contextos profissionais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.