A FTC (Federal Trade Commission) alertou a Google e a Apple sobre o risco de três aplicações serem utilizadas por predadores sexuais para encontrar crianças. A Comissão refere que as apps FastMeet, Meet24 e Meet4U, produzidas pela mesma empresa ucraniana Wildec, continham utilizadores menores de idade. A FTC detetou que as aplicações não respeitavam os controlos parentais e violavam as normas de privacidade e proteção online das crianças.

Segundo o Tech Crunch, a FTC enviou uma carta à responsável pelas aplicações, mencionando que as mesmas não preveniam o registo e utilização de menores de 13 anos, além destes serem visíveis por outros utilizadores. Dando um exemplo, a FTC testou a funcionalidade de pesquisa de utilizadores na proximidade do Meet24, sendo listado um jovem que referia ter 12 anos.

A Comissão acusa mesmo a empresa de ter conhecimento e ser complacente da utilização das aplicações por menores, violando as regras de utilização. As plataformas retiraram as respetivas aplicações, que serão vigiadas pela FTC, prometendo voltar a revê-las nos próximos meses para atestar se estão a cumprir as leis.

A publicação refere que mesmo com mecanismos de salvaguarda dos menores, os abusos a crianças através deste tipo de apps continua a ser um caso sério e que o governo britânico está a trabalhar em nova legislação para obrigar à verificação da idade nas aplicações de encontros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.