Em março, planos internos do Facebook deram a conhecer que a empresa liderada por Mark Zuckerberg estava a desenvolver uma nova versão do Instagram concebida apenas para jovens com menos de 13 anos. Agora, um grupo de 44 procuradores-gerais dos Estados Unidos apela à empresa para que abandone a ideia, uma vez que apresenta sérios riscos para os mais novos.

Numa carta endereçada a Mark Zuckerberg, os procuradores defendem que “o uso de redes sociais pode ser prejudicial para a saúde e bem-estar das crianças, que não estão preparadas para lidar com os desafios de ter uma conta numa destas plataformas”. Em questão está também um possível aumento de casos de cyberbullying, além de uma maior exposição a predadores online.

De acordo com os procuradores, o projeto do Facebook não responde a uma necessidade, mas cria uma, pois “a plataforma apela principalmente a crianças que, de outra forma, não teriam uma conta no Instagram”. O grupo sublinha também que o Facebook tem um histórico marcado por falhas no que respeita à proteção dos mais novos nas suas plataformas.

Em declarações à imprensa, citadas pela Associated Press, o Facebook indica que está a explorar a criação de uma versão do Instagram para crianças que dê aos pais um maior controlo, garantindo que os mais novos estão protegidos e que não conte com anúncios na plataforma.

“Estamos a desenvolver estas experiências em colaboração com especialistas em desenvolvimento infantil, segurança, saúde mental e com defensores da privacidade”, indicou a empresa, acrescentando que pretende trabalhar com legisladores e reguladores, incluindo procuradores-gerais.

Facebook poderá lançar uma versão do Instagram para jovens abaixo dos 13 anos
Facebook poderá lançar uma versão do Instagram para jovens abaixo dos 13 anos
Ver artigo

Recorde-se que no memorando da empresa era referido que o trabalho com os jovens era uma prioridade para o Instagram, sendo visto como a construção de um novo pilar da rede social. O documento dava a conhecer que o projeto centra-se em dois aspetos principais: acelerar o trabalho nas questões de integridade e privacidade, de modo a garantir uma experiência segura para os adolescentes, e a construção de uma versão do Instagram que permita aos jovens abaixo dos 13 anos utilizarem a rede social pela primeira vez.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.