A Apple poderá estar a trabalhar em diversos aparelhos eletrónicos de realidade aumentada e realidade virtual, suportados por um novo sistema de sensores 3D. Fontes próximas à empresa terão referido à Bloomberg que o próximo iPad Pro, com data prevista de lançamento no primeiro semestre de 2020, terá um novo módulo composto por dois sensores de câmara e um pequeno orifício com um sistema 3D embutido que permite projetar no display elementos tridimensionais, sejam objetos ou pessoas.

Ainda sobre a realidade aumentada/virtual, os informadores apontam para 2021 ou 2022 o lançamento de headsets focados em experiências multimédia, tais como o gaming, assistir vídeos e até encontros virtuais. E mais tarde, em 2023 a tecnologia vai escalar para um sistema de óculos de realidade aumentada.

As notícias sobre o investimento da empresa liderada por Tim Cook no desenvolvimento de sistemas de realidade aumentada não são novas. Ainda no mês passado foi avançado que a Apple já está a trabalhar numa loja de apps para os seus sistemas. Em setembro já se falava em documentos oficiais da integração da tecnologia no iOS 13 e um periférico conhecido internamente como StarBoard. Outros rumores apontam para um novo sistema operativo dedicado, chamado rOS, para trabalhar com futuros aparelhos.

Os especialistas referem que a Apple já está a investigar e a desenvolver a sua tecnologia de AR/VR há alguns anos, sendo o novo sensor 3D, que é um sistema mais avançado do Face ID, o centro de toda a estrutura.

Os planos tecnológicos da empresa são mais abrangentes e passam pela introdução de 5G na próxima geração de iPhones, a serem lançados no final do próximo ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.