A Huawei pode estar a trabalhar numa televisão 8K que a levará a expandir o seu negócio a um novo segmento. A notícia foi avançada pela Nikkei Asian Review, que indica ainda que esta será a primeira televisão 5G do mercado. A ideia da gigante tecnológica é pioneira, uma vez que não há relatos de quaisquer outras fabricantes com um plano semelhante em curso. Em termos de aplicabilidade prática, esta é uma tecnologia que pode ser útil no equipamento em questão, uma vez que pode ajudar os utilizadores a descarregarem conteúdos pesados de forma rápida num display de alta resolução.

A empresa chinesa goza de grande popularidade nos mercados europeu e asiático, sendo que é já a segunda maior fabricante de smartphones do mundo, ficando apenas atrás da Samsung. A marca continua a crescer neste segmento, ao contrário da Apple, por exemplo, cujas vendas têm registado quedas sucessivas nos últimos trimestres.

No mercado das televisões, a gigante tecnológica pode entrar com uma estratégia agressiva, colocando à venda modelos pouco comuns, como é o caso deste que se diz estar em desenvolvimento. Só por esta altura as TVs 4K estão a tornar-se comuns e a chegar às salas de um largo número de famílias, o que abrirá portas à lenta introdução de monitores 8K. Este segmento deverá ser alavancado pela próxima geração de consolas até porque a PlayStation 5 deverá ter suporte para esta qualidade de imagem.

A Samsung e a Sony já têm televisões 8K no mercado, pelo que a Huawei nunca será a primeira marca com um destes modelos à venda. No entanto, é também verdade que os conteúdos 8K são ainda muito raros, o que aumenta consideravelmente o preço destas TVs - a Q900 8K, da Samsung, custa cerca de 70 mil dólares.

Atualmente, o 5G poderá ser útil aos consumidores com equipamentos que suportem esta tecnologia. De acordo com a VentureBeat, a TV poderá também servir de router 5G para outros aparelhos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.