Devido ao embargo dos Estados Unidos à utilização da tecnologia americana, a Huawei tem vindo a cunhar o seu próprio ecossistema independentemente de uma possível resolução positiva. Durante o lançamento chinês do novo P40, Richard Yu, CEO da área de negócio de consumo da fabricante, anunciou o Huawei Card.

Semelhante ao Apple Card, trata-se de um misto entre o cartão de crédito convencional em plástico, mas também virtual (o já disponível Huawei Pay), que recorre aos equipamentos da fabricante para pagamentos. Os detalhes ainda são escassos, mas como avança o Engadget, todos os dados serão guardados nos smartphones da fabricante, garantindo que sejam protegidos pelo mesmo sistema que gere os pagamentos mobile Huawei Pay.

tek huawey card

Por trás desta operação está a UnionPay, considerada a maior organização de cartões de pagamento. Os utilizadores podem pagar através de NFC, encostando o seu smartphone aos terminais compatíveis. De forma a incentivar a adesão, a Huawei está a oferecer a primeira anuidade sem cobrar taxas, e para o segundo ano, aqueles que atingirem um certo valor de pagamentos através do sistema também vão ficar isentos.

Outra estratégia da empresa chinesa passa por parcerias com empresas de transportes públicos, como aeroportos e estações de comboios, funcionando como uma espécie de milhas. Acumulando pontos pelos gastos feitos, os utilizadores têm acesso a lounges especiais e outras iniciativas. Também vai haver incentivos de ofertas em apps na sua loja, por exemplo.

Ainda não existe uma data de lançamento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.