Durante o evento de apresentação em Londres, a Huawei confirmou não só as especificações do Mate 20 e Mate 20 Pro como guardou uma surpresa que ficou escondida da internet e de qualquer leak: o Mate 20 X. Trata-se de um modelo focado no mercado gaming, que começa a ser cobiçado pelos principais fabricantes, tais como o Asus ROG Phone, o Razer Phone 2 e o Xiaomi Mi Black Shark.

O smartphone tem um ecrã OLED de 7,2 polegadas (ultra large display), permite imagens FullHD+ a 18,7:9. Isto deve-se ao seu notch minimalista, com apenas a sua câmara frontal. Tem uma bateria de 5.000 mAh, capaz de durar cerca de 23 horas a correr vídeos, mais nove horas que o iPhone, salienta a fabricante. O smartphone pretende garabtir o dobro de frames por segundo nos jogos e integra um sistema de refrigeração, através de uma combinação de arrefecimento que tira partido também de uma película de grafeno para gerar uma melhor termocondutividade.

Piscando o olho ao Samsung Note 9, a fabricante apresenta ainda o suporte à M-Pen, permitindo ao dispositivo concorrer não só no segmento dos videojogos como em ferramenta de produtividade. Esta pen suporta mais de 4.000 níveis de pressão para que os utilizadores tomem notas rapidamente graças à aplicação Pop up Memo.

Huawei Mate 20 Pro leva mais longe a aposta em inteligência artificial
Huawei Mate 20 Pro leva mais longe a aposta em inteligência artificial
Ver artigo

Ainda no que diz respeito aos jogos, a Huawei apresentou também uma capa protetora especial, "equipada" com um pequeno analógico e d-pad, para sessões de jogo confortáveis. A fabricante colocou mesmo o seu novo smartphone ao lado de uma Nintendo Switch, salientando a resolução 1080p do seu dispositivo, face aos 720p da consola, assim como o tamanho 7,2 polegadas contra os 6,2 polegadas. Destacou ainda a sua autonomia, sendo o Mate 20 X de quase sete horas, contra as três da Switch.

O equipamento suportada o sistema de som Dolby Atmos, com duas colunas colocadas no topo e em baixo para uma melhor distribuição de áudio 7.1. Para além do processador Kirin 980, o smartphone apresenta a mesma configuração de câmaras da versão Mate 20 Pro (um sistema Leica com 40 MP). Tem ainda a certificação IP53 para resistência ao pó e água.

Esta versão do Mate 20 X (com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento) chega ao mercado global no dia 26 de outubro por 899 euros em duas cores: Midnight Blue e Phantom Silver. O modelo não vai estar disponível em Portugal.

Nota da Redação: A notícia foi actualizada com mais informação no final da conferência. Última actualização 17h27.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.