Os leaks e rumores suprimiram o efeito surpresa. Afinal, o LG G7 ThinQ é tudo aquilo que já se sabia: um smartphone com um display alto, encabeçado por um notch superior e duas câmaras traseiras que têm na inteligência artificial uma das suas maiores valências.

tek lg g7
©The Verge

O ecrã é talvez um dos pormenores mais interessantes deste equipamento. Com 6,1 polegadas e um rácio de 19,5:9, o display consegue ainda atingir um brilho máximo de 1.000 nits ao mesmo tempo que consome menos 35% de bateria do que o seu antecessor. Note que apesar destas características, este é um ecrã LCD, apesar de a LG ter integrado uma tela OLED no seu último flagship, o V30.

O que também salta à vista é o notch, que parece ser norma nos flagships da atualidade. Recorde-se que a empresa sul-coreana questionou os utilizadores do Reddit acerca da sua opinião sobre este detalhe, e a comunidade manifestou-se substancialmente desiludida com a tendência. Apesar de não ter sido manifestada a tempo, a opinião pode ter desencadeado a integração de uma funcionalidade que permite disfarçar a chamada "monocelha" de uma forma muito semelhante à integrada no Huawei P20, que consiste em escurecer as laterais desta zona do telefone. Desta forma, a moldura superior do telemóvel parece aumentar ligeiramente, acompanhando toda a altura desta saliência.

As especificações estão em linha com a qualidade esperada neste segmento. O processador é um Qualcomm Snapdragon 845, a RAM é de 4GB e a memória interna chega aos 64GB. A câmara traseira articula dois sensores de 16MP, sendo que um apresenta uma abertura focal de f/1.6 e o outro de f/1.9. A câmara frontal tem 8MP e a bateria é de 3.000mAh.

As câmaras traseiras escondem uma mais valia. Graças à integração com inteligência artificial, o G7 consegue analisar a cena que está a tentar registar e adaptar as configurações consoante os elementos identificados. E com a ajuda do machine learning, a LG garante que a câmara vai ficando mais inteligente à medida que for sendo utilizada.

Outro dos destaques feitos neste segmento diz respeito à existência de um modo "super brilhante", que deteta cenas de iluminação reduzida para aumentar a luz da imagem de forma artificial. Assim, garante a empresa, será possível registar mais detalhes mesmo em cenários noturnos.

Note que o modo retrato, com possibilidade de desfocar o segundo plano da imagem, também se encontra disponível neste modelo.

No que diz respeito ao design, a fabricante tecnológica apostou em seguir as linhas estéticas do V30, apresentando um equipamento de vértices arredondados e uma câmara verticalmente disposta. Na estrutura denota-se ainda uma nova saliência, correspondente a um botão físico que pode ser utilizado para ativar o assistente virtual da Google.

Recorde-se ainda que este é um dos telemóveis mais "barulhentos" do mercado, graças a uma caixa de ressonância que adiciona uma mão cheia de decibéis ao volume base deste smartphone.

O que ficou por confirmar foi a data de lançamento do G7, que vai chegar ao mercado em Platinum Gray, Aurora Black, Moroccan Blue e Raspberry Rose. O preço também não foi confirmado.

LG G7 ThinQ: leak mostra versão final de um smartphone que pode não chegar ao mercado
créditos: Tek

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.