Hoje é dia de novidades da Huawei, e tal como já se sabia, as atenções vão estar centradas nos novos smartphones da família Mate 40. A única informação disponível do novo smartphone era o seu SoC, o Kirin 9000 5G, que será o último a utilizar esta gama de processadores, devido às restrições impostas pelo governo de Donald Trump. A fabricante convidou o SAPO TEK a participar num pre-briefing onde foram reveladas algumas novidades do novo smartphone, mas sem entrar em detalhes técnicos ou revelação de preços e lançamento que ficou marcado para hoje, e por isso, iremos continuar a atualizar este artigo com as restantes informações.

Na apresentação, o foco foi no Mate 40 Pro, a joia da coroa da família, que segundo a fabricante mantém a sua estratégia baseada na sua “fórmula mágica” 1+8+N, ou seja, um equipamento no centro, neste caso o Mate 40, unido a 8 equipamentos e uma “infinidade” de probabilidades de conexão. O smartphone destaca-se pelo seu botão virtual de volume, numa tendência de retirar os botões físicos dos seus equipamentos.

Sem inicialmente revelar o seu conjunto de câmaras traseiras, a fabricante destacou as assimetrias no design dos seus modelos, colocando a câmara sempre no centro do equipamento. O novo Mate 40 Pro e Pro+ não vão fugir a este padrão, reforçando que o seu design foi inspirado em anéis espaciais circulares de diferentes tons. “Não importa qual a cor que escolham, este vai oferecer diferentes anéis de tons mediante a luz incidida na sua traseira", foi destacado.

O novo Mate 40 tem cinco cores, o preto e branco, assim como um prateado, verde e amarelo (versões cerâmicas nas versões topo de gama). Tem um ecrã OLED de 6,76 polegadas, (6,5 polegadas na sua versão standard) de 120 Hz com uma resolução de 2772x1344. Suporta um espectro de cor DCI-P3 e HDR, prometendo assim mostrar as imagens com os tons de cor e luz que realmente foram captados pela câmara. Na frente do smartphone foi revelado um ecrã com um sistema punch-hole no canto superior esquerdo para duas câmaras selfies.

Ainda no que diz respeito à sua composição, a Huawei refere que o equipamento tem dois altifalantes a trabalhar em estéreo, um colocado no topo, outro na parte de baixo do ecrã, salientando as novas experiências a ver filmes e séries, mas também para jogar. Tem ainda botões de volume na parte esquerda do smartphone.

Novo processador Kirin 9000

Relativamente ao seu badalado processador, o Kirin 9000 é um SoC de 5nm com suporte 5G, que a fabricante chinesa considera o primeiro desta arquitetura. E para mostrar o seu poder, quando comparado ao anterior Kirin 990 5G, o novo chip apresenta mais 30% de performance do CPU e mais 50% de GPU. Relativamente ao 5G, este será 100% mais rápido que o Mate 30 Pro, diz a Huawei. E mais 52% mais poderoso que o Snapdragon 865+.

O smartphone promete ainda uma bateria de 4.400 mAh, para uma utilização mais prolongada. Tem carregamento rápido SuperCharge de 66W e um carregador Wireless de 60W. O sistema SuperCharge consegue ser 60% mais rápido quando carregado com fio e 85% mais rápido que o anterior sistema do Mate 30 Pro. Basta assim um “cheirinho” de corrente para ter carga para mais um bom tempo de utilização.

A traseira do smartphone é composto por um conjunto de quatro câmaras Leica. As versões Mate40 e Mate 40 Pro têm um super sensing wide de 50 MP. A ultra wide é de 16 MP na versão standard, mas de 20 MP na versão Pro, com tom cinematográfico. Enquanto que a standard tem uma telefoto de 8 MP com 3 níveis de zoom, a Pro tem 12 MP e 5X zoom. Por fim, o zoom ótico de 5X na versão normal, enquanto que o Pro tem 7X.

Existem algumas diferenças visíveis na versão Mate40 Pro+, que mantém os sensor principal de 50 MP, mas a sua telefoto é composto pelo sensor periscópico de 10X (3x telefoto), tem uma ultra wide cine de 20 MP e um zoom ótico de 17X. Por fim, o sistema é composto por um quinto sensor, uma lente ToF para salientar a profundidade dos ambientes.

O mate 40 Pro apresenta uma câmara Ultra Vision Cine Camera, composto por uma lente Ultra Vision Wide Angle. Tem uma lente periscópica semelhante ao P40 Pro. O trio de câmaras completa-se com a Cine Camera de 2ª geração. A empresa não quis, para já, detalhar a qualidade das respetivas lentes.

Detalhando ainda a qualidade do ecrã do Mate 40 Pro, o smartphone apresenta o sistema XD Fusion HDR Video, de forma a oferecer imagens com melhor contraste, sobretudo quando tem muita iluminação de fundo. O sistema HDR consegue salientar as imagens brilhantes de fundo que estão sobre-expostas. Esta iluminação de fundo, em gravação de vídeo, será melhorada com tons naturais, tal como captado pelo olho humano.

A câmara fotográfica apresenta ainda outras tecnologias no melhoramento das imagens. A funcionalidade Steady Shot, por exemplo, é ideal para captar imagens de desportos rápidos com maior nitidez. Por outro lado, o Tracking shot permite à câmara identificar pessoas e o sistema faz automaticamente um zoom, trancando as mesmas no ecrã para acompanhar de forma automática o seu movimento. E também o modo Story Creator que a Huawei desenhou para criadores de vídeo, sendo ideal para partilhar vídeos curtos de 15 segundos num TikTok, por exemplo. O sistema tem ferramentas para zooms e rotações, entre outros efeitos especiais para os criativos.

No que diz respeito às câmaras frontais, estas são Ultra Vision Selfie Camera: um sensor de selfie + sensor de gestos. O segundo sensor é um 3D Depth Sensing Camera, ideal para salientar os fundos bokeh, e em formato de imagem grande panorâmica, adaptativa à sequência. No caso de ter várias pessoas para tirar uma foto selfie, a câmara adapta-se automaticamente para que todas as pessoas sejam enquadradas na imagem sem esforço do utilizador. Conforme pega no smartphone, seja na vertical ou horizontal, o equipamento adapta-se no enquadramento.

Novas funcionalidades do EMUI 11

Por outro lado, o sistema EoD (Eyes on Display) deteta quando o utilizador está a olhar para o ecrã, mostrando-lhe mais informação, que desaparece quando vira para outro lado, como uma das novidades do novo EMUI 11. O SO tem ainda novos gestos de interação possíveis de fazer captados pela inteligência artificial do equipamento. Gestos para esquerda e direita para mudar fotos, levantar a mão sobre o ecrã, sem lhe tocar, para o acordar, são alguns exemplos.

O Mate 40 enquadra-se no sistema Multi-screen Collaboration 3.0, que permite utilizar o computador para interagir com o smartphone, assim como correr múltiplas aplicações que interagem entre si em simultâneo. Tem ainda um sistema de notificações inteligentes, para que os utilizadores não sejam constantemente incomodados enquanto estão a ver um filme, por exemplo. Outra experiência interessante é que quando o smartphone tem o seu ecrã partilhado com o computador, se receber uma chamada ou mensagem, essas informações mantêm-se no smartphone, e não são transmitidas para o ecrã da televisão.

O EMUI 11 também apresenta o novo Modo de Conversação por Email, que converte um conjunto de emails tradicionais em conversas. Este recurso oculta partes redundantes de e-mails convencionais, tais como assinaturas extensas e coloca o foco na conversa, permitindo que os utilizadores leiam e-mails rapidamente como fariam com mensagens ou respondam facilmente com texto e arquivos. E tem também uma gestão mais prática dos ficheiros enviados em anexo.

A Huawei revelou ainda o Mate 40 RS Porsche Design, em branco ou preto cerâmico, com uma capa em pele premium. Além de ser uma versão melhorada do Mate 40 Pro+, este adiciona ao conjunto de câmaras um sensor termal. O seu design distingue-se claramente pelo seu design luxuoso, certamente apenas ao alcance de alguns utilizadores. A acompanhar o smartphone da linha Porsche, a Huawei revelou ainda o novo smartwatch Watch GT 2.

Outros acessórios para o Mate 40 passam pela nova pen inteligente, um power bank de 12.000 mAh e um ring de luz para gravar vídeos com melhor qualidade em locais menos iluminados.

Relativamente a preços, o Huawei Mate 40 com 8/256 GB de RAM e memória custará 899 euros. A versão Pro+ custa 1.399 euros, enquanto que o luxuoso Porsche Design chega ao mercado por 2.295 euros.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.