Ainda se lembra de como era possível personalizar os toques “polifónicos” dos antigos smartphones? A Nothing pretende oferecer aos seus utilizadores a possibilidade de criarem toques melódicos personalizados para o seu equipamento através do novo Glyph Composer que a empresa de Carl Pei acaba de revelar.

Para ajudar na funcionalidade, a fabricante fechou uma colaboração criativa com a Swedish House Mafia, um supergrupo de música eletrónica nomeado para os prémios GRAMMY. Além do Glyph Sound Pack, com as ferramentas sonoras necessárias para os utilizadores criarem o seu toque personalizado, a SHM compôs o exclusivo Glyph Ringtone disponível para ambos os smartphones da marca Phone (1) e Phone (2), que deverá ser o toque predefinido do novo equipamento.

Veja na galeria as imagens do Nothing Glyph Composer:

A ferramenta de edição de tons vai permitir aos utilizadores criar o seu próprio toque, utilizando uma sequência de sons, com luzes correspondentes na traseira dos smartphones. Poderá brincar com o editor, mas depois de encontrar o ritmo certo da sua melodia pode premir o botão de gravar para registar o toque.

A fabricante explica que cada toque Glyph Ringtone será uma composição com 8 a 10 segundos, disponível em ficheiro de áudio multipistas. Os clipes monofónicos até 2 segundos de duração vão ser sincronizados com a experiência do utilizador na parte traseira do smartphone. E cada pack de sons é uma coleção de cinco tons diferentes e misturas de som que podem ser tocados e gravados pelo utilizador.

O editor Glyph Composer vai estar disponível no mesmo dia de lançamento do Phone (2), marcado para o dia 11 de julho.

De salientar que a Nothing tem vindo a partilhar informações a conta-gotas do novo smartphone. A tecnológica revelou uma imagem que confirma o regresso dos LEDs que assinam a tampa traseira do smartphone, mas estes assumem agora um novo posicionamento, distanciando ligeiramente este modelo do anterior.

O Phone (2) terá um processador Snapdragon 8+ Gen 1 e promete ter uma câmara mais capaz, com capacidade para captar imagens em RAW HDR e vídeo 4K a 60 frames por segundo. E o seu sistema operativo pretende oferecer uma experiência Android mais descomplicada e melhorar as funcionalidades de widget de desktop e ao mesmo tempo oferecer algo mais personalizado. Mas ao mesmo tempo tornar-se esteticamente funcional, ou seja, a transformação da grande quantidade de dados num formato visual mais digestivo.

De recordar que nas mais recentes informações da Nothing, o seu próximo smartphone vai ter um ecrã com 6,7 polegadas e uma bateria de 5.700 mAh, uma capacidade superior ao modelo anterior.

 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.