Apesar de não terem sido noticiados pelos portais mais fiáveis do circuito internacional de imprensa tecnológica, é importante sublinhar que os últimos meses têm sido ricos em rumores que apontam para o lançamento de um novo iPhone. É certo que a Apple terá novos equipamentos para lançar em setembro/outubro, como já é tradição da empresa de Cupertino, mas a indicação que estas informações nos dão é que haverá um outro telefone para apresentar nos meses que se antecedem à estreia dos novos topo de gama. As "agulhas", neste momento, dizem-nos que se tratará de um iPhone SE.

O modelo, que corresponde à gama mais económica da Apple, foi apresentado em março de 2016, tendo recebido uma atualização discreta em 2017, com a introdução de uma versão com mais capacidade de armazenamento. Recentemente, vários portais publicaram rumores indicativos de que existe um SE 2 em desenvolvimento, e a Apple chegou mesmo a registar novos modelos de iPhone junto da Eurasian Economic Commission. Recorde-se que a empresa submeteu os mesmos documentos, um mês antes de anunciar um novo iPad.

Análise TeK: iPhone SE -  Primeiro estranha-se e depois… também
Análise TeK: iPhone SE - Primeiro estranha-se e depois… também
Ver artigo

É (quase) certo que há surpresas na calha, mas o analista Ming-Chi Kuo da KGI Securities, não acredita, por outro lado, que se trate de um novo SE, uma vez que a empresa não terá tido recursos disponíveis para desenvolver um equipamento móvel a tempo de ser apresentado nos próximos meses.

A parte crente da barricada, que é atualmente composta por portais noticiosos com alegadas fontes próximas da empresa, adianta que o smartphone poderá chegar com um processador A10, em vez do A9, e que a traseira deste modelo poderá ser revestida em vidro para permitir o carregamento wireless.

Um vídeo que surgiu recentemente na rede social chinesa Weibo, alega que este poderá ser o aspecto final do aparelho.

O design e o tamanho do display devem permanecer iguais, mas é provável que sejam feitas outras transformações a uma possível nova entrada nesta linha. O preço, que é um dos maiores argumentos de venda deste modelo, deverá permanecer na casa dos 300 euros.

A data de lançamento que reúne maior suspeita condiz com a próxima edição da conferência para programadores, que a Apple vai organizar entre os próximos dias 4 e 8 de junho, na Califórnia.

Apesar de não ser particularmente popular nos mercados ocidentais, o iPhone SE será certamente uma das armas com que a Apple tentará aumentar a sua quota nos mercados de países em desenvolvimento, onde os consumidores não têm tanta facilidade, nem flexibilidade financeira, para adquirir um topo de gama. Recorde-se que o fabrico do SE foi mudado para a índia em 2017, o que faz com que o smartphone chegue às lojas indianas sem grandes taxas acrescentadas ao seu valor final. Esta decisão fez com que as receitas da Apple duplicassem no país.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.