O 5G permite um acesso ainda mais rápido à Internet, mas o preço dos dispositivos compatíveis com a tecnologia ainda é elevado. Agora, a Qualcomm anunciou um novo conjunto de processadores para smartphones com suporte a redes de quinta geração que fará com que os custo dos equipamentos passe a rondar os 300 a 500 dólares.

De acordo com Cristiano Amon, CEO da empresa, em comunicado, o lançamento do Snapdragon 690 tem o “potencial para fazer com que as redes 5G se tornem mais acessíveis aos mais de 2 mil milhões de utilizadores de smartphones em todo o mundo”. A HMD Global, a LG Electronics, a Motorola, a SHARP, a TCL e a Wingtech são algumas das fabricantes que planeiam anunciar em breve smartphones com o novo processador.

Snapdragon 690 | Qualcomm
créditos: Qualcomm

A empresa afirma que o processador será capaz de trazer algumas das experiências dos smartphones premium aos equipamentos mais “em conta”, incluindo o suporte a 4K HDR e a displays com uma taxa de atualização de 120hz. O Snapdragon 690 conta ainda com um CPU Kryo 560 que promete um desempenho 20% superior ao do seu antecessor.

Segundo os mais recentes dados da IDC, o 5G poderá representar uma força motriz de recuperação em 2021. Recorde-se que o mercado internacional de smartphones tem vindo a sofrer o impacto da pandemia de COVID-19, com as vendas de equipamentos a registarem uma queda de 20,2% em todo o mundo nos três primeiros meses do ano.

5G: Ericsson prevê 100 milhões de assinantes e smartphones abaixo de 300 dólares em 2020
5G: Ericsson prevê 100 milhões de assinantes e smartphones abaixo de 300 dólares em 2020
Ver artigo

Ainda em maio, as previsões da Ericsson davam conta de uma adesão mundial ao 5G na escala de 100 milhões de subscrições até ao final de 2020. Depois de já se registarem 13 milhões de utilizadores neste ano, a empresa espera que o número escale devido à redução do preço dos smartphones com suporte à tecnologia, com os preços a fixarem-se nos 300 dólares.

Numa conferência de imprensa online acerca do ponto de situação do 5G, Nuno Roso, responsável pela área de serviços digitais da Ericsson em Portugal, admite ainda que também a cobertura vai ser alargada fora das cidades e que o leque de serviços vai aumentar, tornando mais fácil o crescimento do número de utilizadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.