Com uma data de chegada prevista para o ano de 2020, a próxima consola da Sony continua a intrigar no que toca ao seu design e até mesmo ao seu possível nome. É certo que a empresa japonesa não marcou presença na edição de 2019 da E3, no entanto, já fez algumas revelações acerca das funcionalidades da sua nova consola, incluindo a utilização de um disco SSD em vez de um HDD para velocidades superiores de gravação e leitura de dados, gráficos 4K a uma taxa de atualização de imagem de 120Hz e ainda um sistema de retrocompatibilidade com jogos da PlayStation 4.

Os fãs das consolas da Sony podem agora adicionar uma certeza no que diz respeito à lista de funcionalidades do dispositivo de nova geração: a PlayStation 5 vai consumir menos energia no modo de suspensão do que a sua predecessora.

A decisão anunciada por Jim Ryan, Presidente e CEO da Sony Interactive Entertainment, no blog da empresa surge no seguimento de uma série de medidas que a organização está a tomar para garantir a sustentabilidade ambiental da indústria dos videojogos. De acordo com Ryan, embora esta função não esteja ativada por padrão, se “um milhão de utilizadores a acionar, poupar-se-ia o equivalente ao consumo energético de 1.000 lares americanos”.

Jim Ryan
Jim Ryan, Presidente e CEO da Sony Interactive Entertainment.

O elevado consumo de energia no modo stand by tem vindo a ser uma das críticas feitas às consolas da Sony. Embora a empresa tenha melhorado a eficiência energética da PlayStation 4, um relatório de 2014 da Natural Resources Defense Council revela que o dispositivo chegou a consumir cerca de 8.5 watts quando estava em “descanso”, indica o The Verge.

O conjunto de medidas que a empresa quer levar a cabo enquadra-se numa parceria realizada com o Comité do Meio Ambiente da ONU no projeto Playing for the Planet Alliance, o qual será formalizado na Cimeira de Ação Climática das Nações Unidas, nesta segunda-feira, 23 de setembro.

Além disso, a Sony irá não só fazer uma avaliação da pegada de carbono produzida pelos seus dispositivos eletrónicos, mas também empenhar-se-á a providenciar mais informação aos utilizadores das suas consolas acerca de formas de consumo eficiente de energia. Segundo o CEO da empresa, outro dos objetivos será o aumentar da consciência ambiental do público através da introdução desta temática em videojogos e aplicações para a PlayStation VR.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.