A novidade foi avançada por Frank Shaw, responsável por relações públicas da Microsoft, num post publicado ontem, anunciando que o Windows Phone atingiu uma quota de mercado de 10%, ultrapassou as vendas do iPhone em sete países e vendeu mais do que a Blackbberry em 26 mercados, isto no quarto trimestre de 2012,

O jornal The New York Times fez o trabalho de casa e pediu à IDC para confirmar os números, indicando quais os países onde o Windows Phone ultrapassou o iPhone e a confirmação chegou, apontando os nomes da Argentina, África do Sul, India, Polónia, Rússia e Ucrânia. Um sétimo mercado agrega um grupo de países mais pequenos na europa central e de leste.

Em declarações ao jornal, Kevin Restivo, analista da IDC, adiantou que o Windows Phone vendeu menos de 100 mil unidades durante o quarto trimestre em alguns destes países e avisou para o facto dos números se referirem a importações oficiais, lembrando que em alguns dos mercados referidos o mercado paralelo tem um peso significativo.

Mesmo assim o analista adiantou ao NYT que o Windows Phone está a ter sucesso em países onde tradicionalmente a Nokia estava bem estabelecida. Nesses mercados o iPhone acaba por não ter grande sucesso devido aos preços elevados e à falta de subsidiação dos operadores.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.